Rádios On-line
JULGAMENTO

Réu diz estar arrependido e admite que não prestou socorro às crianças

Jânio Jorgino dos Santos admitiu em seu depoimento que havia ingerido bebida alcoólica minutos antes do crime

30 AGO 2017 - 12h:19Por Tatiane Simon

O réu Jânio Jorgino dos Santos disse em seu depoimento durante o julgamento que sente-se arrependido por ter atropelado e matado a pequena Isabel dos Santos Saltiva, com seis anos na data do crime. "Hoje sinto arrependimento sim. Tenho dois filhos e sei o que é ser pai", declarou com voz trêmula.

O réu, que responde por homicídio qualificado, admitiu também em seu depoimento que havia ingerido bebida alcoólica minutos antes do acidente. "Eu sai para dar uma volta e bebi sim. Mas não andei em movimento de zigue-zague pela via, mesmo porque, acredito que teria colidido contra um poste e não em uma criança. Mas a criança não foi atingida no meio fio e sim na rua, quando ela estava atravessando a via", declarou.

E ainda admitiu que não prestou socorro às vítimas. "Sai do local momentos depois e não ajudei as crianças", disse.

O réu aguardava pelo julgamento em liberdade desde outubro de 2013 graças a um habeas corpus.

Deixe seu Comentário