Rádios On-line
9290
Nova Estrela 0603
DEFINIÇÃO

Reunião decidirá instalação de cervejaria em Três Lagoas

Empresário aguarda concessão de incentivos fiscais pelo governo do Estado para instalar fábrica na cidade

15 ABR 2019 - 15h:18Por Ana Cristina Santos

Segundo o prefeito de Três Lagoas, Ângelo Guerreiro (PSDB), está agendada para quarta-feira (17), uma reunião, em Campo Grande, na governadoria, para tratar dos incentivos fiscais para a empresa que pretende instalar uma fábrica de cerveja no município.

O prefeito participará da reunião com o empresário Cléber Faria, que aguarda desde agosto do ano passado, um posicionamento do governo sobre esse pedido. A reportagem apurou, porém, que a reunião foi adiada para a semana que vem.   

Na semana passada, o secretário de Fazenda do Estado, Felipe Matos, disse ao Jornal do Povo, que o governo do Estado ainda estava analisando o pedido de isenção feito pelo empresário .

Segundo o secretário de Fazenda, existem pedidos de várias empresas em análise, e critérios para conceder os incentivos. Além do que, esse tipo de pedido tem que passar pelo Confaz (Conselho dos Secretários Municipais de Receita, Fazenda e Finanças do Estado).

O prefeito por sua vez, informou, após saber do fechamento da fábrica da antiga Mabel em Três Lagoas, que na quarta-feira, deve ocorrer a assinatura desses documentos para que o empresário possa começar as obras da cervejaria em Três Lagoas. O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Jaime Verruck, por sua vez, em entrevista a rádio CBN Campo Grande, não quis adiantar detalhes da reunião, mas acredita que seja a última para decidir sobre o pedido feito pelo empresário.

Guerreiro disse que a administração municipal vai continuar trabalhando para atrair indústrias para o município.

PROJETO

O investimento previsto pela empresa é de R$ 300 milhões, com geração de 300 empregos diretos.

Conforme amplamente divulgado pelos veículos de comunicação do Grupo RCN, desde agosto do ano passado, a empresa Cidade Imperial aguarda um posicionamento do governo do Estado sobre pedido de isenção fiscal para definição do projeto no município.

Segundo a empresa, sem a isenção do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), a instalação da fábrica se torna inviável em Três Lagoas.

Em nota, o governo do Estado diz que o pedido de incentivo fiscal da fábrica de cerveja encontra-se sob análise da equipe da área técnica da Secretaria de Fazenda.

Ainda segundo o governo, o Estado tem todo interesse no investimento, “haja vista a geração de emprego e renda à população sul-mato-grossense, além de novos recursos para alavancar a economia local e regional que um empreendimento desse porte traz com sua instalação.”.

De acordo com o governo, tão logo haja um parecer, o empresário será comunicado para pactuar os termos de acordo de contrapartida ao benefício.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13