Rádios On-line

Rodada de Crédito movimenta R$ 6,8 milhões no município

Evento, pioneiro em Mato Grosso do Sul, contou com a participação de 45 empresas

26 ABR 2013 - 08h:18Por Arthur Freire/JP

A 1ª Rodada de Negócios de Crédito movimentou R$ 6,8 milhões em operações financeiras em Três Lagoas na manhã de ontem. A ação, pioneira em Mato Grosso do Sul, teve como objetivo aproximar micro e pequenos empresários das instituições financeiras existentes na cidade, e superou as expectativas da organização.

De acordo com a gerente do Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena Empresa (Sebrae) Regional Costa Leste, Josi Queiroz Blini Signori, o valor foi resultado apenas da rodada que aconteceu pela manhã – destinada às empresas com mais de um ano no mercado. Até o fim da tarde de ontem, 240 reuniões de negócios estavam previstas para acontecer. 
“Foi um número muito bom. Por ser a primeira Rodada de Crédito, superou todas as nossas expectativas. Foram quase R$ 7 milhões”, disse.

O valor de negócios financeiros registrados corresponde a cerca de R$ 1,7 milhão negociado a cada 60 minutos. A primeira etapa da rodada teve início às 8h e se encerrou ao meio-dia. Ao todo, 45 empresas participaram do evento. Desse total, 80% eram microempresários de setores como construção civil, gráfica, serralheria etc. 

“A rodada foi bastante diversificada. Temos empresários de quase todas as áreas. Além disso, o número de participantes superou as nossas expectativas. Até então, tínhamos uma meta de 40. Entretanto, foram 45”, disse Josi. 

EMPRESÁRIOS
Entre os empreendedores que participaram do evento, estava o empresário Nedir Mazonnetto, da RKM Maquinários, que participou da rodada com o objetivo de negociar com duas instituições financeiras: Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal. “O cliente que está construindo, muitas vezes, precisa de um prazo maior para pagar e o nosso parcelamento é de até dez vezes no máximo. Vim conversar sobre duas linhas de crédito: a Construcar, da Caixa, e a FCO, do Banco do Brasil”, disse.

Mazonnetto deixou o evento satisfeito. De acordo com ele, as negociações caminharam para abertura de contas e análise de toda a documentação necessária. “Foi muito produtivo. Tivemos a oportunidade de falar com gerentes e sem muita espera. Além disso, esse evento vai fazer com que as próprias instituições percebam as necessidades dos seus clientes”, declarou.

O empresário, que já foi consultor do Sebrae, conta que participa de todas as rodadas de negócio. Ele também faz parte do Programa da Cadeia Produtiva Petróleo, Gás e Energia, desenvolvido em parceria com a Petrobras, para qualificar empresários das regiões de influência da estatal. A Rodada de Negócios de Crédito é uma das etapas desse programa.

Do outro lado da mesa, Gervail Barbosa Junior, gerente Regional da unidade de atendimento do Sicredi de Três Lagoas, explicou, em entrevista à equipe de reportagem da TV Concórdia, que, atualmente, a maior carência do empresariado local está relacionada à orientação. “O que percebemos é que o empresário três-lagoense tem expandido muito seus negócios e, com isso, tem necessidade de crédito. Mas ele também precisa de uma boa orientação, ou seja, reconhecer a oferta certa do crédito adequado para a empresa dele”.

O gerente informou que conversou com pelo menos 20 empresários. A expectativa é de que, dentro de uma semana, a cooperativa comece a fechar negócios. “O empresário veio e está participando. Esse evento será de grande valia, tanto para ele quanto para todas as instituições financeiras presentes”.

Essa aproximação orientada entre empresários e instituições financeiras, segundo a gerente do Sebrae, foi o principal objetivo do evento. “Antes de iniciar a rodada, no processo de cadastramento, fizemos uma triagem sobre as necessidades dos empresários com os serviços e produtos oferecidos pelas instituições financeiras para melhor direcioná-lo”.

Orientações sobre linhas de crédito e planos existentes também foram reforçadas no período da tarde, quando aconteceu a segunda etapa do evento. Destinada a empresas recém-criadas, com menos de um ano, o evento contou com a participação de 40 empresários – dez a mais que o previsto. Noventa e oito por cento deles são empreendedores individuais. 

A Rodada de Negócios de Crédito contou com participação de oito instituições financeiras. O evento foi realizado com o apoio das prefeituras e das associações comerciais de Três Lagoas e Brasilândia.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13