Rádios On-line
Caminhão de Prêmios Urna Interna
CIDADE

Rodoviária ganha policiamento 24 horas durante os finais de semana

Medida visa combater usuários de drogas que tomaram conta da praça em frente ao terminal e têm assustado passageiros

27 JAN 2018 - 08h:30Por Sergio Colacino

Alvo de reclamações de passageiros, comerciantes e moradores da região pela falta de segurança, o terminal rodoviário de Três Lagoas passa a receber policiamento 24 horas durante os finais de semana. A vigilância começou na noite desta sexta-feira (26) e vai até domingo. Segundo o comando da Polícia Militar, durante a semana o local também terá rondas ao longo do dia. A medida visa aumentar a sensação de segurança na rodoviária, que se tornou abrigo de usuários de drogas e moradores de rua.

De acordo com o comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel James Magno, o policiamento será provisório. “Temos policiais fazendo um curso de formação de cabos e, como eles não têm aulas aos finais de semana, vamos aproveitá-los na segurança da rodoviária”, explica. A ideia surgiu após uma reunião entre o comando da PM e representantes da Assistência Social do município, na quinta-feira (25). Durante o encontro foram apresentadas sugestões para tentar solucionar o problema de moradores de rua, que se abrigam no terminal. Além disso, a praça em frente à rodoviária se tornou ponto de consumo de drogas. “Nosso setor de inteligência também vai trabalhar na região para identificar se há tráfico”, completa o comandante.

Existem cerca de 30 pessoas em situação de rua na cidade, segundo a secretária de Assistência Social, Vera Helena Arsioli. Grande parte fica na região do terminal rodoviário. “Oferecemos a eles alimentação e acolhimento, mas nem todos aceitam ajuda. A parceria com a Polícia Militar vai facilitar nosso trabalho. Com a ajuda deles durante as abordagens, podemos ter mais sucesso em reverter essa situação”, afirma.

MENOR NO TRÁFICO

Um adolescente de 17 anos foi apreendido pela Polícia Civil, nesta semana, por suspeita de vender drogas na região do terminal. A apreensão só foi possível após denúncia anônima e revelações de usuários de drogas. Na casa dele havia 25 pedras de crack.

O adolescente foi levado à delegacia com o pai, prestou declarações e foi liberado, conforme determina o Estatuto da Criança e Adolescente. Segundo a polícia, esta é a terceira vez que ele é flagrado com entorpecentes. 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13