Rádios On-line
8991

Santa Luzia promove leilão para construção da igreja

31 JAN 2009 - 06h:02Por Redação

A comunidade católica da Paróquia Santa Luzia está preparando a promoção do 2º Leilão Beneficente, a ser realizado na sede da ADC São Luiz, localizada na rua Maria Cândida Costa Lopes, Jardim das Paineiras, no domingo (8 de fevereiro), a partir das 10h30.
O objetivo do leilão é arrecadar fundos para o término da construção da igreja matriz da Paróquia Santa Luzia, padroeira do bairro da mesma denominação.
Além do leilão de gado, ovelhas de raça, porcos, móveis novos, aparelhos de som, bicicletas, jóias, artesanato e pinturas em tela, haverá almoço com churrasco.
“Confio na generosidade dos devotos de Santa Luzia e da população em geral para conseguirmos arrecadar fundos para a conclusão das obras da nova igreja”, disse o padre José Mauro, pároco da Igreja Santa Luzia.
O novo templo possui uma área livre de uns 300 m², com capacidade para 800 pessoas. A primeira fase das obras de alvenaria está praticamente pronta. Restam as obras do contrapiso, piso, revestimento das paredes, forro e janelas. Posteriormente, será concluída a torre e instalado o relógio e os sinos da igreja.
“O primeiro leilão beneficente foi um sucesso. As pessoas estão entusiasmadas com a construção da nova igreja. Percebo que existe uma forte união para o mesmo objetivo. Acredito que este leilão será melhor ainda”, disse o padre.
Ele informou que a comunidade previa gastar em torno de R$ 500 mil na construção da igreja. “No entanto, houve muita alteração de preços, tanto na mão-de-obra, como nos materiais de construção”, explicou.
Padre José Mauro informou que a obra está sendo erguida, “graças à excelente participação de toda a comunidade. Afinal, este é um dos bairros mais antigos da Cidade e muita gente é devota de Santa Luzia, a nossa padroeira. Por isso, estamos confiantes e otimistas”, disse.
Os recursos para manutenção da Paróquia e agora, mais especificamente, para a construção da nova igreja, estão sendo conseguidos do dízimo e das promoções da comunidade paroquial, como quermesses, pastelão e leilões.
A antiga igreja tinha capacidade para apenas 150 pessoas. “Por isso, toda a comunidade se envolveu neste projeto e no compromisso de nos mantermos unidos até o fim’, comentou o padre.
Mesmo ainda sem o contrapiso, sem as janelas e portas, as celebrações já estão sendo feitas no recinto da nova igreja. “Percebemos que as pessoas se sentem melhor, com espaço mais amplo, mais ventilação e mais claridade”, observou.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13