Rádios On-line

Secretária participa de reunião do Programa M.I Dengue

Com apoio da Fibria, programa monitora e auxilia no controle do mosquito

18 MAR 2013 - 11h:41Por Divulgação

Na quinta-feira (14), a secretária de Saúde Pública, Eliane Brilhante, junto com a equipe da Secretaria, participou de uma reunião técnica na Fibria com representes da empresa de biotecnologia especializada no combate à dengue, Ecovec, para atualização sobre as ações e ferramentas do programa M.I. Dengue em Três Lagoas.

Em atividade no Município desde 2007, os resultados obtidos por meio do monitoramento do programa M.I. Dengue indicam com precisão a área com incidências de focos do mosquito para que o controle seja realizado com maior eficácia.

Segundo a analista técnica da Ecovec, Maria Rita Antunes, atualmente Três Lagoas conta com 305 "armadilhas", instaladas estrategicamente pela cidade, que realizam o monitoramento dos focos. "O mosquitrap é uma armadilha que atrai a fêmea do aedes aegypti, e semanalmente um agente de saúde vistoria essas armadilhas, obtém o número de mosquitos capturados e envia os dados, via internet, para que a Secretaria Municipal de Saúde saiba qual o local que necessita da ação de combate ao mosquito", explicou.
Por meio de uma imagem via satélite do Município, o número de mosquitos coletados de cada armadilha indicam a área com maior incidência e o controle dos focos pode ser realizado com mais agilidade.

"A parceria da Fibria nesta ação é essencial para que possamos direcionar o nosso planejamento e focar no combate de uma área específica", destacou a secretária Eliane Brilhante, complementando, que por meio dos alertas, as ações de combate são direcionadas para os locais com incidências de focos, ao invés de serem aplicadas também, em áreas já controladas.

A eficácia dos resultados emitidos pelo programa contribuem diretamente para o controle da dengue no Município. "Recentemente participei da Comissão Intergestora Bipartide, realizada em Campo Grande, e Três Lagoas deixou de fazer parte do índice das 20 cidades do Estado com alto grau de notificações de casos de dengue", disse Eliane. Ela informou que atualmente Três Lagoas possui 1.672 casos de dengue notificados e 135 casos confirmados.

Desde a implantação do programa, a Fibria realiza a manutenção mensal do contrato com a Ecovec e possibilita a divulgação dos locais e número dos focos do mosquito para a Secretaria Municipal de Saúde Pública. Anualmente a Ecovec realiza uma análise crítica e premia, dentre os municípios onde a tecnologia está instalada, os que mais se destacam pela plena utilização e resultados e, felizmente, Três Lagoas sistematicamente tem sido contemplada, declarou o gerente corporativo de higiene, segurança e medicina do trabalho da Fibria, Gerson Nogueira Gerson. (Com informações da Fibria)

Deixe seu Comentário

RCN LIVE EUGENIO MUSSAK

TVC Canal 13