Rádios On-line
IMPASSE

Sem definição de ações, prefeitura ainda não decidiu sobre contratação de professores

Juíza ainda não julgou ações referentes ao processo seletivo da Prefeitura de Três Lagoas

13 FEV 2020 - 14h:01Por Ana Cristina Santos

A juíza Aline Beatriz de Oliveira Lacerda, ainda não deu uma sentença sobre duas ações coletivas que tramitam na Vara de Fazenda Pública de Três Lagoas contra um processo seletivo realizado pela prefeitura da cidade para a contratação de 343 professores temporários para trabalhar nas escolas municipais e centros de educação infantil.

Uma ação foi movida pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinted) de Três Lagoas, e a outra pela Defensoria Pública. Ambas ajuizadas após procurada de candidatos alegando falta de informações claras no edital do  processo.

Por outro lado, os aprovados e classificados no processo seletivo, a maioria, espera que a prefeitura faça a convocação com base nos que apresentaram a documentação correta, e obedeceram todos os itens do edital. Caso o processo seja cancelado, os aprovados também prometem entrar na Justiça para que o resultado seja validado.

A  prefeitura chegou a alegar que, se as decisões não saírem antes do início do ano letivo, marcado para começar na quarta-feira (19), que fará a convocação dos professores, sem o resultado do processo seletivo.

As aulas na Rede Municipal, inclusive, era para ter iniciado nesta terça-feira (12), mas diante do impasse a prefeitura prorrogou para a próxima semana.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13