Rádios On-line
ALTERNATIVA

Sem Hospital Regional, acadêmicos podem fazer aulas práticas na região

Acadêmicos de medicina de Três Lagoas ainda estão sem hospital para fazer aulas práticas e UFMS busca solução

23 SET 2017 - 10h:17Por Ana Cristina Santos

Alunos do quarto ano do curso medicina da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS), campus de Três Lagoas, podem ter que se deslocar para cidades da região para dar sequência nas aulas práticas, necessárias para a formação e conclusão do curso.

As aulas práticas deveriam ser realizadas no Hospital Regional, que ainda está em construção na cidade. No entanto, já deveria ter sido concluído, acompanhando o andamento do curso, iniciado em 2014. A instalação da faculdade de medicina foi condicionada ao município ter um hospital para atender a demanda do curso.

No final do ano passado, a UFMS chegou a assinar um convênio com o Hospital Auxiliadora para o exercício das atividades práticas dos alunos. No entanto, de acordo com o diretor do campus da UFMS, Osmar Jesus Macedo, o convênio, voltou a “estaca zero”, porque houve a necessidade de algumas adequações no hospital, que precisa ter, inclusive, mais especialidades para atender a demanda do curso.

O diretor administrativo do Hospital Auxiliadora, Marco Antônio Calderon de Moura, disse nesta semana, em entrevista ao RCN Notícias da Rádio Cultura FM (106,5MHz), que existe uma portaria especifica do Ministério da Saúde que disciplina o funcionamento de um hospital escola. 

De acordo com a portaria, é necessário, inclusive, ter o credenciamento pelos ministérios da Saúde e da Educação. O hospital precisa ter um número de leitos específicos, comissões constituídas, entre vários outros requisitos para a certificação. Conforme o diretor, o Auxiliadora não foi programado para ser hospital escola.

Mais uma reunião foi realizada nesta semana entre a direção do hospital e da universidade para tratar dessa situação. “Estamos tentando achar um caminho para que os alunos consigam ser inseridos dentro do Hospital Auxiliadora”, disse o diretor.

O diretor do campus das UFMS adiantou que uma alternativa será encontrada para não prejudicar os estudantes. Uma delas seria fazer uma parceria com hospitais da região que preencham os requisitos para atender aos alunos do curso de medicina. 

Osmar informou que os acadêmicos ainda não estão prejudicados, pois estão tendo aulas práticas no Hospital da Cassems e, em outras unidades de saúde, do município.  A quarta turma do curso de medicina tem 44 alunos. 

Hospital 
As obras de construção do Hospital Regional de Três Lagoas foram iniciadas, em abril deste ano. O empreendimento será finalizado dentro de dois anos. A obra é executada pelo governo do Estado. O hospital está em construção em uma área de 26 mil m² no Distrito Industrial, às margens da rodovia BR-158, doada pelo empresário Magid Thomé Filho à prefeitura.

O Hospital Regional terá 138 leitos distribuídos em três pavimentos. Depois de pronto, vai funcionar com 652 funcionários em quatro turnos.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13