Rádios On-line

Servidores rejeitam reajuste oferecido pela Prefeitura

Categoria pleiteia reajuste salarial de 11,5%, mas Prefeitura oferece menos

18 MAI 2013 - 08h:10Por Arquivo JP

Em assembleia realizada na noite de quinta-feira, os servidores da Prefeitura de Três Lagoas rejeitaram a proposta de reajuste salarial oferecida pela administração municipal. Os funcionários reivindicam um reajuste de quase 11,5%, entre outros benefícios. Segundo o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, José Antônio Vieira, a contraproposta inicial da Prefeitura foi de 8,5%, o que não foi aceito pela categoria.

Os servidores reivindicam o IPCA acumulado até abril, mas 5% de ganho real, o que equivale a quase 11,6%, além do aumento no valor do vale-alimentação, que hoje é de R$ 80, para R$ 150, assim como a implantação do vale-transporte. 

Na manhã de ontem, o presidente do sindicato se reuniu novamente com a administração municipal para informar o posicionamento dos servidores. Após as conversas com os representantes da Prefeitura, a administração ofereceu 9% de reajuste, entre outros benefícios. “O aumento salarial seria o IPCA, que hoje está em torno de 6,5% e mais 2,5% de ganho real, que atinge 9%”, disse Vieira.

Ele informou que a Prefeitura propôs um reajuste de 24% em relação ao valor do cartão de alimentação, que hoje é de R$ 80, para R$ 100. Também foi acordado que haveria uma incorporação de 25% na Vantagem Pessoal Nominalmente Identificada (VPNI) neste ano, e 25% para 2014. 

De acordo com Viera, a Prefeitura propôs também pagar a sua parte para a Cassems, quando o servidor estiver afastado do serviço devido a alguma doença. “Hoje, a Prefeitura não paga. Acredito que avançamos bastante. Incorporar 25% à VPNI é um ganho acima do que o servidor poderia ter”, destacou. Quanto ao vale-transporte, o presidente do sindicato informou que o funcionário que utiliza realmente o transporte público terá direito a uma carteirinha. “Muitos estavam achando que poderia pegá-lo em dinheiro, mas isso não é permitido, pois o vale-transporte é para quem realmente utiliza o transporte público”, frisou.

Vieira informou que o reajuste salarial e demais benefícios irá beneficiar aproximadamente 2.400 servidores, inclusive os comissionados. “Esse é um aumento para todos. Antes era somente para os efetivos, agora não, é para os que exercem cargo em comissão também, menos para os da educação que têm outro sindicato. Foi um avanço muito grande. Acredito que foi um reconhecimento da prefeita Márcia com os servidores”, destacou.

Na próxima segunda-feira, acontecerá outra assembleia para apresentar a nova contraproposta da Prefeitura aos servidores. A reunião será às 17h, no salão de eventos da Vila Vicentina. “Entendo que foi um grande avanço, mas quem decide se aceita ou não são os servidores. Sou apenas um representante deles”, acrescentou.

PREFEITURA
O secretário de Assuntos Governamentais, Walmir Arantes, considerou a negociação excelente. “Considerando o cenário nacional que não é bom, concedemos um bom reajuste. Para o ano que vem, eles terão um vale-alimentação no valor de R$ 120. A Prefeitura concordou em pagar também 50% do valor para a Cassems, quando os servidores estiverem de licença médica”, ressaltou.

De acordo com Arantes, para oferecer esse reajuste aos servidores foi levado em consideração a receita do município em relação ao ano anterior. “A Prefeitura trabalha com expectativa de receita. Não podemos oferecer um reajuste que não podemos cumprir. Estamos concedendo um reajuste para a categoria de praticamente 10%. Com a incorporação da VPNI, o reajuste chegará a praticamente 11%, porque é juro sobre juro. Acredito que a categoria terá bom senso, pois sabe da preocupação da prefeita. Por isso, acredito que os servidores aceitarão a nossa contraproposta”, disse Walmir.

Segundo o secretário, a folha de pagamento dos servidores, incluindo os da educação, é de aproximadamente R$ 8,5 milhões. “Temos que nos precaver para que não tenhamos surpresas, caso haja dificuldades em arrecadar”, salientou.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13