Rádios On-line
TRêS LAGOAS

‘Só drenagens para resolver problemas de alagamentos’, diz secretário

Prefeitura tenta viabilizar R$ 200 milhões para obras de drenagem de águas pluviais

9 JAN 2018 - 18h:37Por Ana Cristina Santos

As chuvas dos últimos dias têm castigado ruas e avenidas de Três Lagoas. Vias alagadas e moradores com dificuldades para transitar devido ao acúmulo de água em algumas regiões da cidade.

O problema não é novo. Se arrasta há anos e, basta uma chuva um pouco mais intensa para se repetir. Para resolver os problemas dos grandes alagamentos na cidade, segundo o secretário de Infraestrutura , Dirceu Deguti, apenas a execução de obras de drenagem de águas pluviais.

No entanto, essas obras têm valores elevados. A prefeitura trabalha para viabilizar um financiamento de aproximadamente R$ 200 milhões para executar essas obras. Enquanto os recursos não são liberados , segundo o secretário, a administração municipal executa serviços paliativos.

Um dos exemplos citados pelo secretário é na região do bairro Vila Haro, onde no domingo (7), um veículo foi arrastado pela enxurrada. “Quando a chuva passa, é feito um trabalho com cascalho na rua, mas é um serviço paliativo. Somente uma drenagem para resolver”, reforçou, durante entrevista ao jornal “RCN Notícias”, da Rádio Cultura FM 106,5 MHz, na manhã desta terça-feira (9).

Ainda de acordo com o secretário, o prefeito Ângelo Guerreiro (PSDB) tem participado de várias reuniões em Brasília na tentativa de conseguir recursos para a execução dessas obras. Além disso, o município investe na construção de piscinões – bacias de amortização para armazenamento de águas pluviais.

Deguti frisou que os alagamentos são problemas que existem há mais de 40 anos em Três Lagoas e que a administração atual tem conhecimento de todos os problemas da cidade, e que não está de “olhos fechados” para a situação.

 

 

 

Deixe seu Comentário