Rádios On-line
TRÊS LAGOAS

Sobe para 3 número de casos leishmaniose visceral em humanos

De janeiro até o momento, 106 casos suspeitos de leishmaniose foram notificados

3 JUL 2019 - 17h:00Por Tatiane Simon

O terceiro caso do ano de leishmaniose visceral humana foi confirmado, em Três Lagoas. Trata-se de uma bebê de 1 ano de idade, residente no bairro Jardim Brasília. A paciente segue internada, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde.

Segundo o boletim de monitoramento semanal da Leishmaniose, de janeiro até o momento, 106 casos suspeitos de leishmaniose foram notificados. O primeiro se refere a uma criança de um ano de idade, que morreu no mês de março. Ela morava no bairro Flamboyant e chegou a ser internada no Hospital Estadual de Bauru (SP), para tratamento, mas faleceu.O segundo caso atingiu um homem, de 50 anos, que mora no bairro Santa Rita, e que foi internado com os sintomas da doença, no mês de junho. Ele recebeu o diagnóstico positivo da doença e passou por tratamento.

Ações

Em nota, a administração municipal declarou que vem realizando ações constantes de controle e combate da leishmaniose com a instalação de armadilhas para o monitoramento do flebotomíneo, coleta de cães para exame de leishmaniose, promoção da saúde conscientização social, manejo ambiental e bloqueio na localidade onde são registrados casos.

O que é Leishmaniose Visceral

A leishmaniose visceral é uma doença infecciosa sistêmica, caracterizada por febre de longa duração, aumento do fígado e baço, perda de peso, fraqueza, redução da força muscular, anemia e outras manifestações.

Se não tratada, pode levar a morte em 90% dos casos.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13