Rádios On-line
11349
Daterra
GRIPE

Sobe para 6 o número de mortes por gripe H1N1 em Três Lagoas neste ano

Vítima era um homem de 53 anos e estava internado no Hospital Auxiliadora

17 JUN 2019 - 12h:10Por Tatiane Simon

Subiu para seis o número de mortes por gripe Influenza A tipo H1N1 em Três Lagoas em 2019. A sexta morte no município foi registrada no sábado passado (15) e a vítima era um homem de 53 anos que estava internado no Hospital Auxiliadora de Três Lagoas. O dado é do último boletim epidemiológico divulgado pelo Setor de Vigilância Epidemiológica nesta segunda-feira (17).

Quatro moradores faleceram em abril, um em maio e este é o primeiro óbito em junho.

A primeira morte foi registrada no dia 24 de abril. A vítima era um homem de 48 anos. No domingo seguinte (28 de abril), um idoso de 83 faleceu no Hospital Auxiliadora. Em 6 de maio, um detento de 64 anos, que cumpria pena no Estabelecimento Penal de Segurança Média faleceu. A quarta morte ocorreu no dia seguinte e a vítima era uma mulher de 61 anos. A quinta morte foi registrada em 25 de maio e a vítima era um homem de 80 anos.

Até o momento, 28 pessoas foram diagnosticadas com H1N1 e uma com o vírua H3N2 em Três Lagoas. 

A principal forma de prevenção contra a gripe é através da vacinação, que imuniza contra dois vírus Influenza A (H1N1 e H3N2) e contra um vírus Influenza B. Todos os postos de saúde estão vacinando os moradores de Três Lagoas desde o dia 5 de junho, após o término da campanha nacional.

Em Mato Grosso do Sul, segundo a Secretaria Estadual de Saúde, foram registradas 17 mortes por conta da doença. 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13