Rádios On-line
HOMICÍDIO

Suspeito de matar jovem e jogar o corpo em matagal é preso em Três Lagoas

Crime ocorreu há mais de um ano e o suspeito de praticar o homicídio foi localizado pela Polícia Civil

25 AGO 2017 - 10h:03Por Kelly Martins

Após um ano e meio do assassinato do jovem Paulo Nogueira de Lima, de 19 anos, que foi morto com um tiro na cabeça e o corpo encontrado em uma área rural, o suspeito de praticar o crime foi preso, em Três Lagoas. Ele estava na área central da cidade quando o mandando de prisão foi cumprido por policiais do Setor de Investigações Gerais (SIG) da Polícia Civil, nesta quinta-feira (24).

De acordo com o delegado Airton Pereira, o suspeito confessou ter efetuado o disparo contra a vítima e alegou que praticou o homicídio porque estava sendo ameaçado por ela. O corpo de João Paulo foi localizado um dia depois do fato, em uma estrada vicinal que dá acesso a região conhecida como porto de areia, na saída de Três Lagoas para Brasilândia. Moradores passaram pelo local e acionaram a Polícia Militar depois que viram o corpo no meio da estrada. O assassinato ocorreu em 5 de março de 2016.

O suspeito preso contou ao delegado que convidou a vítima para sair, na noite anterior. Depois matou o jovem com um disparo de arma de fogo e jogou o corpo no meio do matagal. Ele possui antecedentes pela prática de homicídio doloso, tentativa de homicídio, furto, embriaguez ao volante e porte ilegal de arma de fogo.

Entenda o caso

João Paulo Nogueira era funcionário de um supermercado da cidade. A identificação do corpo foi feita pelo pai do jovem por meio de roupas e de uma tatuagem com declaração de amor, nas costas da vítima. "Elenice, minha eterna rainha" é a frase localizada por peritos da Polícia Civil, na coleta de dados para registro da ocorrência.

Policiais apuraram que o rapaz tinha envolvimento com drogas, furto e uma tentativa de homicídio.

Homem foi preso na área central de Três Lagoas. Foto: Divulgação/Polícia Civil

 

 

Deixe seu Comentário