Rádios On-line
8992
SAúDE

Técnica aplicada para reabilitação oral devolve mastigação e estética dentária

Clínica de odontologia investe em método de recuperação da saúde bucal, associado à recuperação e melhoria das funções da boca

21 ABR 2019 - 07h:00Por Tatiane Simon

Sofre com problema de mastigação? Falta dentária ou na mordida? Através de um trabalho odontológico e multidisciplinar é possível devolver tanto a mastigação quanto a estética de volta. De que forma? Por meio da reabilitação oral, com o trabalho de implante, prótese, facetas (lentes de contato), restaurações com melhora na estética.

Em Três Lagoas, a Clínica Cicro é referência quando o assunto é reabilitação oral. A tecnologia é de ponta e o corpo clínico é altamente capacitado através dos dentistas Artur Gaiotto Marques e Rui Antonio de Moraes. Por se tratar de um trabalho multidisciplinar, um profissional trabalha em conjunto com o outro – ambos estão relacionados e o trabalho individual somados resultam em excelência.

De acordo com Marques, a reabilitação oral é necessária para recuperar ou melhorar a saúde bucal. Os objetivos da reabilitação oral é restabelecer a mastigação, tratar infecções e melhorar a estética da boca, quando ocorre a perda de dentes. 

“Com o implante dentário o paciente recupera a capacidade de mastigação e a estética em um único procedimento. Os proficionais da clínica Cicro lançam mão de técnicas modernas para minimizar ao máximo o desconforto do paciente. Por ser um procedimento definitivo, o implante não causa os mesmos incômodos de próteses removíveis ou dentaduras”.

Destaque também no serviço de reabilitação oral prestado na Clínica Cicro é a alta tecnologia em um dos processos utilizados: a L-PRF (agregado leucoplaquetário rico em fibrina). Utiliza-se este processo em alguns casos durante a reabilitação oral do paciente. Ganhando maior crescimento ósseo e gengival em cirurgias de enxerto e recentemente vem sendo muito utilizado na harmonização facial. Segundo Artur, a técnica sofreu um processo de mudança. “Antigamente era o chamado PRP (Plasma Rico em Plaquetas) que foi usado durante muito tempo, mas que não tinha eficiência desejada. 

Recentemente os estudos mostraram que mudando o protocolo de se fazer o processo de obtenção do material, mostrou resultados extremamente satisfatórios, no sentido de melhorar o pós-operatório com menos dor, sangramento e inflamação, ganhando maior crescimento ósseo em cirurgias de enxerto”, pontua.

Conforme o profissional, este recurso tem trazido ótimos resultados na parte de cirurgia em casos de reabilitação oral, pois dá maior ganho tanto cirurgicamente quanto na melhora estética do paciente com um baixo custo. 

“Isso sem falar que é menos tempo de espera. Às vezes, é preciso que o paciente espere até seis meses para colocar o dente de volta e com este processo é possível adiantar a reabilitação”, conclui.

Carreira docente e formação da equipe
Artur Marques é cirurgião com residência e especialização em Cirurgia Buco Maxilo Facial, mestre em implantodontia. Pós-graduado em disfunção temporomandiular (DTM) e artroscopia da ATM (articulação temporomandibular), e em estética dental e cerâmicas, com experiência hospitalar em traumas de face, cirurgia ortognática e da ATM.

Já o dentista Rui Antonio de Moraes é especialista em prótese dentária, implantes e prótese sobre implantes (reabilitação oral). Tem pós-graduação em cirurgia avançada em periodontia e uma carreira de 19 anos em Três Lagoas.

Os profissionais conciliam ainda consultório com vida acadêmica porque dão aulas à noite e aos finais de semana.

Artur, por exemplo, leciona para cursos de graduação em uma faculdade privada de Três Lagoas em cursos de enfermagem e de odontologia. Rui é monitor de curso de pós-graduação de reabilitação de implante em Presidente Prudente (SP).

A Clínica Cicro funciona em Três Lagoas há quase duas décadas e passou, recentemente, por reforma e ampliação, inclusive com estacionamento próprio.
 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13