Rádios On-line

Testes rápidos vão agilizar o pré-natal na rede pública de saúde

A partir de janeiro do próximo ano, as 13 Unidades Básicas de Saúde de Três Lagoas estarão realizando testes rápidos de gravidez

5 DEZ 2012 - 08h:40Por Redação
A partir de janeiro do próximo ano, as 13 Unidades Básicas de Saúde de Três Lagoas estarão realizando testes rápidos de gravidez. De acordo com Elaine Cristina Ferrari Fúrio, coordenadora municipal da Rede Cegonha, esse procedimento irá agilizar o início do pré-natal. Hoje, o resultado do teste de gravidez demora cerca de uma semana, e, às vezes, a gestante não retorna até a unidade para dar início ao acompanhamento médico. 
 
Outro fator positivo, segundo Elaine Cristina, é que com o resultado positivo da gravidez outros testes rápidos serão realizados de imediato como sífilis e HIV. “Esses três testes rápidos vão dar agilidade e qualidade ao pré-natal”, salientou. Ela informou também que todas as enfermeiras da rede pública já estão capacitadas para efetuar esses exames. 
 
“Atualmente, no município, ainda é comum algumas gestantes não fazerem pré-natal. Os motivos variam, uma vez que há adolescentes que escondem a gravidez da família, profissionais do sexo, usuárias de droga etc.”, relatou. E continuou: “não fazer o pré-natal é colocar a própria vida e a do bebê em risco, pois esse acompanhamento médico é fundamental para evitar possíveis complicações durante a gravidez e o período pós-parto”, disse Elaine Cristina.
 
Rede Cegonha
Em Três Lagoas, o projeto Rede Cegonha do Ministério da Saúde (MS) foi implantado em outubro de 2011. Este projeto nacional tem como objetivo reestruturar toda atenção ao pré-natal, ou seja, desde um diagnóstico precoce de gravidez até os cuidados pós-parto à mãe e ao bebê. Portanto, é um programa amplo que demanda ampliação de exames, adequações nos hospitais com reforma da maternidade, recurso para reforma de UTI adulto e neonatal, unidade de cuidado intermediário neonatal convencional, unidade de cuidado intermediário neonatal canguru, entre outras reestruturações. “É um projeto amplo que está sendo implantando por partes”, explicou Elaine Cristina.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13
  • Programas: