Rádios On-line

Trabalhadores do Consórcio UFN 3 encerram greve

Paralisação das obras da Petrobras Fertilizantes teve duração de três dias

1 MAR 2013 - 07h:40Por Arquivo JP

Os trabalhadores que prestam serviço para o Consórcio UFN 3, na construção da fábrica de fertilizantes da Petrobras, retornaram ontem ao canteiro de obras, após terem permanecido por três dias em greve. O retorno às atividades só ocorreu após rodada de negociação que aconteceu na sede do Tribunal Regional do Trabalho. A reunião contou com representantes da comissão dos trabalhadores, dos sindicatos que representam a categoria (Sintispav e Sintricom) e do advogado do consórcio UFN 3.

De acordo com Cristiane Gazzoto, presidente da Junta Governativa do Sintricom, ficou definido que os trabalhadores terão um adiantamento em relação ao aumento salarial, receberão vale-refeição de R$ 250 e ainda haverá uma redução na quilometragem em relação à folga de campo, a qual será de cinco dias, sem contar os finais de semana.

Ficou acordado também que haverá um reajuste de 10% para os oficiais e ajudantes, de 5% para os encarregados e de 7% para os demais trabalhadores que já tinham conseguido uma readequação no salário, entre outros benefícios.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13