Rádios On-line
TRêS LAGOAS

Trabalhadores em educação cruzam os braços e alunos ficam sem aula

Em Três Lagoas, 70% das escolas aderiram ao movimento dos administrativos da Educação

19 SET 2017 - 05h:50Por Ana Cristina Santos

Os trabalhadores administrativos da Educação do Mato Grosso do Sul cruzarão os braços nesta quarta-feira (20), em manifestação para reivindicar política de valorização.

A manifestação terá o apoio dos professores. Com isso, não haverá aula na maioria das escolas estaduais do Mato Grosso do Sul. Em Três Lagoas, segundo a presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação d Mato Grosso do Sul, Maria Laura Castro, 70% das escolas aderiram ao movimento.

Maria Laura disse que os servidores administrativos fazem parte do processo de formação dos alunos, por isso os professores se solidarizaram e vão apoiar a manifestação. Trabalhadores em educação de Três Lagoas vão participar do protesto que ocorrerá em Campo Grande. A concentração será na Assembleia Legislativa.

Além de reivindicar política de valorização, os trabalhadores cobram ainda incorporação do abono, publicação e pagamento das promoções e progressões funcionais, reestruturação da carreira; pró-funcionário e concurso público. 

Deixe seu Comentário