Rádios On-line
8162
Prefeitura 102 Anos
TRÊS LAGOAS

Três empresas estudam comprar Eldorado Brasil

Arauco, Suzano e Fibria estudam fazer ofertas pela empresa de celulose de Três Lagoas

13 JUN 2017 - 09h:24Por Ana Cristina Santos

As empresas Arauco, Suzano e Fibria estudam fazer ofertas à empresa de celulose Eldorado Brasil, instalada em Três Lagoas. De acordo com o Jornal Valor Econômico, produtores de celulose do Brasil e de outros países estão se posicionando para apresentar à J&F Investimentos ofertas pela fábrica de celulose, em funcionamento em Três Lagoas desde 2012.

De acordo com o jornal, a chilena Arauco contratou o Santander para auxiliá-la na possível compra e, de acordo com uma fonte, já estaria analisando o ativo.

A Suzano Papel e Celulose concedeu o mandato a dois grandes bancos brasileiros. A Votorantim, controladora da Fibria, também tem interesse, embora preço e detalhes do acordo de leniência firmado pela J&F possam ser empecilhos a uma oferta vinculante, segundo fontes. O grupo já conta com a assessoria do banco Morgan Stanley.

Ainda segundo o Valor Econômico, dois executivos de bancos que analisam o ativo calculam que os acionistas poderiam receber entre R$ 3 bilhões e R$ 4 bilhões, já descontada a dívida de quase R$ 8 bilhões.

Segundo fontes do Valor Econômico, na reta final da disputa, um arranjo entre uma fabricante local e uma companhia estrangeira, aos moldes da Veracel (joint venture entre Fibria e Stora Enso) não surpreenderia.  Outra opção seria a compra por meio de uma união entre a Fibria e Suzano, repetindo a dobradinha de 2004 para compra da antiga Ripasa.

A possível venda da Eldorado Brasil tem sido cogitada pelo mercado financeiro desde a delação dos irmãos Joesley e Wesley Batista. A Companhia, por sua vez, não confirma. 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
Dá Negócio
6529