Rádios On-line
DATERRA QUER ALUGAR MOBILE
INVESTIMENTO

Três indústrias querem se instalar no município

Distrito industrial ainda tem área disponível

30 MAI 2020 - 12h:00Por Ana Cristina Santos

Apesar do atual cenário econômico ocasionado pelos reflexos do novo Coronavírus, três empresários querem investir e instalar indústrias em Três Lagoas.

Um dos projetos já está bem avançado, inclusive, só no aguardo de aprovação da Câmara para o início das obras. A empresa Transcofer que pretende investir cerca de R$ 10 milhões na instalação de uma fábrica de telhas metálicas a partir de folhas de aço, no Distrito Industrial, pretende iniciar as obras no segundo semestre. A empresa pretende gerar 100 empregos diretos.

A empresa recebeu em comodato da Prefeitura de Três Lagoas, em 2016, uma área no Distrito Industrial 2.  Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico do Município, José Aparecido de Moraes, como o momento político econômico do país não era dos melhores, a empresa encaminhou um requerimento a prefeitura, informando dos problemas enfrentados naquela ocasião e solicitando para iniciar as obras a partir de março de 2019.

 Ainda segundo o secretário, em fevereiro de 2019, novamente em razão das eleições presidenciais, e por não saber como ficaria o cenário nacional, novamente solicitou para iniciar as obras a partir do segundo semestre de 2020. “Recebemos o documento e fizemos o levantamento da área que ainda está disponível no Distrito e foi feito um parecer da prefeitura e encaminhado à Câmara para apreciação e possível aprovação”, explicou o secretário. O projeto está em análise da Comissão de Indústria e Comércio e deve ser aprovado na próxima terça-feira.

MAIS 2

Outro projeto para instalação de indústria  é da empresa de Fertilizantes Pantaleão Indústria LTDA, de Laranjeiras – SE, que pretende instalar uma filial em Três Lagoas. O empresário Luciano Pantaleão, que se reuniu com o prefeito na semana passada, solicitou a doação de uma área no Distrito Industrial 3, nas proximidades da Unidade de Fertilizantes Nitrogenados (UFN-3). O empresário, que já produz fertilizantes, pretende ser cliente da UFN3 para aumentar a produção e ampliar o mercado consumidor. Mas, independente do prazo para retomada da UFN-3, o secretário disse que o empresário, tem interesse em dar início no projeto o quanto antes.

“Vejo muito futuro em Três Lagoas e, com certeza, essa indústria aqui, se desenvolverá muito, porque Mato Grosso do Sul é um Estado com muitas plantações e criação de gado, então o que produzimos será comercializado aqui e os clientes não precisarão importar destacou o empresário.

A empresa GC Uniformes, que já funciona em Três Lagoas, solicitou uma área que a prefeitura tem, onde funciona como incubadora, para ampliar o projeto. Inicialmente, vai funcionar nesse espaço, para posterior, conforme andamento do projeto, solicitar a doação de uma área no Distrito Industrial.

 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13