Rádios On-line
ESPECIAL 106 ANOS

Três Lagoas está entre as mais ricas e uma das melhores para se investir

No topo: líder no ranking de exportações, Três Lagoas está entre os 100 municípios com PIB mais elevado do país, segundo IBGE

12 JUN 2021 - 10h:03Por Ana Cristina Santos

Aos seus 106 anos, Três Lagoas lidera o ranking de exportações entre as cidades de Mato Groso do Sul. Três Lagoas desbancou cidades maiores como a capital Campo Grande e Dourados, além de Corumbá.


A posição geográfica de Três Lagoas - no encontro das malhas viárias, fluviais e ferroviárias, bem como ampla oferta de terras - são atrativos para a exploração econômica do município, o que fez com que a cidade ao longo dos anos atraísse grandes indústrias, como as fábricas de celulose, que geram mais de 10 mil empregos.


De acordo com o historiador Rodrigo Fernandes, a cidade teve até agora, três grandes processos de desenvolvimento.

Primeiro ciclo, a Ferrovia:

O primeiro ciclo do desenvolvimento ocorreu com a chegada da ferrovia, entre o período de 1910 a 1912.  Entre 1915 e 1931, a implantação do transporte ferroviário possibilitou a ligação entre o Estado, na época Mato Grosso, com o Estado de São Paulo. Além de impulsionar o transporte de gado pela ferrovia e favorecer a economia do município até então baseada na pecuária, provocou o aumento considerável no fluxo de migrantes, provocando o adensamento populacional de Três Lagoas.

Segundo ciclo, a Usina:

A segunda etapa do processo de desenvolvimento de Três Lagoas, de acordo com Rodrigo Fernandes, se deu a partir de 1961 com a construção da hidrelétrica de Jupiá, concluída em 1974. No período das obras, a cidade recebeu centenas de trabalhadores, que se fixaram em uma vila próxima as obras, que posteriormente se transformou no bairro Vila Piloto. A usina foi a primeira a ultrapassar um gigawatt potência instalada no país e impulsionou o desenvolvimento da região.

Terceiro ciclo, a Indústria:

O terceiro grande ciclo do desenvolvimento de Três Lagoas ocorre a partir de 2009 com a instalação das fábricas de celulose. O processo de industrialização da cidade, no entanto, começou bem antes com a instalação de outras empresas no Distrito Industrial, entre elas, a fábrica de biscoitos Mabel. Ainda na década de 70 foi inaugurado um obelisco bem na entrada para a Vila Piloto. O monumento, como símbolo do trabalho e da indústria, foi construído na gestão do então prefeito Hélio Congro, que já previa uma cidade industrializada. 
Dados da pesquisa “Melhores Cidades para Fazer Negócios 2.0”, publicada em dezembro pela Urban Systems, apontam que Três Lagoas está em primeiro lugar entre os municípios do Estado, como a melhor cidade para se investir no setor industrial. No ranking nacional, a Capital Nacional da Celulose ficou em 25º lugar. 
Três Lagoas figura em uma lista de 100 municípios com os PIBs (Produto Interno Bruto) mais elevados. Entre os cinco mil municípios brasileiros, Três Lagoas aparece em 96º lugar, com PIB (soma de todas as riquezas produzidas) próximo de R$ 10,1 bilhões, segundo dados do IBGE, referentes ao PIB de 2017.

Deixe seu Comentário