Rádios On-line
CAGED

Três Lagoas fecha 1º mês do ano com saldo negativo na geração de empregos

Nos últimos 12 meses, Três Lagoas também acumula saldo negativo

4 MAR 2019 - 06h:00Por Ana Cristina Santos

O ano não começou bom para Três Lagoas em termos de empregos formais. Janeiro fechou com saldo negativo na geração de empregos com carteira assinada.  Foram 1.030 admissões, contra 1.086 demissões, saldo negativo de 56 postos de trabalho.

Nos últimos 12 meses, Três Lagoas também acumula saldo negativo. Nesse período, o município contratou 13.638 trabalhadores e demitiu 14.190, saldo negativo de 552 vagas.

 Mato Grosso do Sul fechou o primeiro mês de 2019 com saldo positivo. Em janeiro, foram 4.155 admissões contra 3.066 demissões, saldo positivo de 1.089 novas vagas. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

De acordo com o diretor da Casa do Trabalhador de Três Lagoas, Welton Alves, ainda tem muitas pessoas em busca de emprego. O número de pessoas que passam diariamente pela agência pública de empregos em Três Lagoas, segundo o diretor, ainda é maior do que a oferta de vagas disponíveis. 

Apesar do resultado, o diretor disse acreditar que 2019 será um ano bom para Três Lagoas na geração de emprego, haja vista as vagas que começaram a ser disponibilizadas, principalmente para o setor de logística de  transportes - só neste mês- uma fabricante de celulose contratou 147 carreteiros. Além disso, segundo o diretor, há previsão de instalação de novos empreendimentos no município neste ano.

Deixe seu Comentário