Rádios On-line
PROLIFERAÇÃO

Três Lagoas registra 776 casos suspeitos de dengue

Foram notificados na cidade 107 casos suspeitos da doença somente em uma semana

18 MAR 2016 - 09h:06Por Kelly Martins

Somente em uma semana 107 casos de dengue foram registrados, em Três Lagoas, segundo dados do novo boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde. São 776 notificações da doença registradas no município, que havia diagnosticado no levantamento anterior 669 casos. Os registros se referem a 1° de janeiro a 12 de março.

O resultado aponta que a proliferação do mosquito Aedes aegypti continua intensa na região, desde o final do último ano, o que representa atualmente 10,7 casos por dia de dengue na cidade. Além disso, Três Lagoas continua apresentando alta incidência de dengue com mais de 300 casos suspeitos para cada 100 mil habitantes e permanece na lista “vermelha” da Saúde.

Conforme já divulgado pelo JP News, cinco bairros do município concentram os maiores índices de focos para reprodução do mosquito Aedes aegypti: Interlagos, Santo André, Paranapungá, Alto da Boa Vista e Jardim Nova Americana. Esses locais apresentam índice de infestação superior a 5%, ou seja, significa estado de alerta, pois, o número é quatro vezes superior do que o teto do protocolo do Ministério da Saúde.

O levantamento é resultado do Levantamento Rápido do Índice de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa). O coordenador do setor de Endemias, Benício Donizete, ressalta que os bairros em questão apresentam grande concentração de focos porque ainda não receberam o mutirão de limpeza para a retirada dos criadouros. O combate tem sido feito em vários pontos da cidade e, agora, se concentra nas regiões com mais infestações.

Para tentar eliminar os focos, a secretaria espalhou agentes por toda a cidade, para que eles vistoriem tudo: ruas, casas, quintais e terrenos. Parte da população já está acostumada com as visitas, mas mesmo assim ainda é possível encontrar água parada em todo tipo de recipiente, muitas delas com larvas do mosquito.

Deixe seu Comentário