Rádios On-line
ENERGIA SOLAR

Três Lagoas terá usina de energia fotovoltaica

Objetivo é gerar energia limpa, fazer economia para investir em outros itens de custeio

22 FEV 2018 - 09h:15Por Ana Cristina Santos

 O Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) vai instalar neste ano duas usinas fotovoltaicas nos campi de Três Lagoas e Campo Grande. O objetivo é gerar energia limpa, fazer economia para investir em outros itens de custeio e sensibilizar os estudantes sobre a importância da eficiência energética.

A ordem de serviço para implantar a usina de energia solar na unidade da Capital foi assinada nesta semana pela diretora-geral do campus, Rosane Fernández Garcia, o professor de Eletrotécnica e fiscal do contrato David Quinelato, e o representante da empresa responsável pela instalação, Marcelo Orrico.

Em Três Lagoas, o processo para instalação do mesmo modelo de usina já foi iniciado. A ordem de serviço foi assinada em 27 de novembro do ano passado. “Como o campus é menor se comparado ao da Capital, gastamos menos energia. A previsão é de uma economia em um terço da conta. Nossa usina beira a potência máxima, será uma das maiores do Estado”, apontou o professor de Eletrotécnica Murilo Frigo, fiscal do contrato no Campus Três Lagoas.

De acordo com o projeto, serão instaladas 215 placas no telhado do campus, e 45 no solo - também para fins didáticos. A previsão é que até o final do primeiro semestre a montagem seja concluída.

A previsão é que o projeto de Campo Grande seja executado em até dez meses. O investimento da usina é de cerca de R$ 470 mil.

 A ação faz parte do projeto IFSOLAR, elaborado pelo Instituto Federal Sul de Minas (IFSULDEMINAS), e conta com a participação de diversos Institutos Federais que aderiram à licitação, incluindo o IFMS.

Para o professor de Eletrotécnica, Murilo Frigo, o IFMS tem papel importante na expansão da energia solar em Mato Grosso do Sul. “De acordo com estudos, a expansão desse tipo de energia tem quatro principais barreiras. O IFMS está contribuindo para diminuir duas – prestando informação à sociedade e formando profissionais da área”.

Deixe seu Comentário