Rádios On-line
SUPER BANNER CAMINHÃO ATÉ 16.01
PONTE AÉREA

Três Lagoas volta a ter voos comerciais

A partir de 1º de fevereiro, Três Lagoas terá ligação direta com o aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP)

12 DEZ 2020 - 09h:20Por Ana Cristina Santos

A partir de 1º de fevereiro do próximo ano, Três Lagoas volta a ser servida pela companhia Aérea Azul, que suspendeu os voos comerciais na cidade desde março deste ano, quando iniciou a pandemia da Covid-19. 

Três Lagoas terá ligações diretas com o aeroporto de Viracopos, em Campinas, principal centro de conexões da Azul no país, exceto às quintas-feiras. As ligações entre Três Lagoas e Campinas serão cumpridas com aeronaves modelo ATR 72-600, com capacidade para até 70 passageiros, que poderão se conectar para destinos de todas as regiões do país e até para Fort Lauderdale (EUA) e Lisboa (Portugal). “Começaremos o próximo ano com mais inclusões de voos e destinos domésticos e, estamos felizes por voltar a operar em Três Lagoas. Com a reabertura dessa base, ampliamos a oferta de voos no Mato Grosso do Sul, oferecendo mais opções de destinos para os sul-mato-grossenses e contribuindo para a retomada do turismo no Estado. Isso também reforça a vocação da Azul de conectar o Brasil de ponta a ponta. Somos a maior companhia aérea do país em número de destinos e voos diários e queremos que nossos Clientes tenham a segurança e o bem-estar garantidos para voarem”, destacou Abhi Shah, vice-presidente de Receitas da Azul. 

As passagens para os novos voos de Três Lagoas a Campinas, que seguirão os protocolos de higiene e segurança adotados pela empresa desde o início da pandemia, já estão à venda.  O horário de saída do aeroporto de Viracopos será 8h05, com chegada em Três Lagoas às 8h45.  O horário de saída dos voos de Três Lagoas será às 9h30, com chegada em Campinas às 12h05, exceto às quintas-feiras. 

Além da Azul, a Voepass Linhas Aéreas, antiga Passaredo, chegou divulgar que iniciaria em setembro deste ano, operação com voos comerciais em Três Lagoas, com destino a Campo Grande, mas depois suspendeu as operações.
A companhia alegou que o adiamento das operações para a Capital visa a readequação da malha aérea da empresa, que tem como foco a sua rentabilização, buscando voos em destinos com maior demanda de passageiros.

 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13