Rádios On-line
MATERNIDADE MAIS CEDO

Um em cada quatro bebês nascidos em Três Lagoas é filho de adolescente

Dos 107 partos feitos na ala da Maternidade do Hospital Auxiliadora em janeiro deste ano, 20% eram de mães com menos de 19 anos

22 FEV 2019 - 16h:00Por Tatiane Simon

A cada quatro partos realizados na ala da Maternidade do Hospital Auxiliadora, de Três Lagoas, um é de uma gestante com menos de 19 anos. O dado é alarmante e indica que a gravidez precoce entre as adolescentes da cidade é ainda um caso de atenção à saúde pública.

De acordo com dados do setor do hospital, somente em janeiro deste ano, foram realizados 107 partos. Vinte e um deles eram em adolescentes com idade entre 12 e 19 anos. E mais: quatro destas garotas já eram mães de segunda viagem. Ou seja, 20% dos bebês que nasceram no primeiro mês de 2019 são de filhos de adolescentes que mal saíram do ensino médio ou que ainda frequentam o ambiente escolar.

Levantamento mostra também que em dezembro de 2018 o número de jovens grávidas é alto: 22% dos partos realizados naquele mês foram em adolescentes. Vinte e dois dos 99 partos foram em meninas com a mesma faixa etária. Nove dessas garotas já eram mães.

Para a ginecologista Larissa Ferraz, que atende em uma unidade de saúde de Três Lagoas, o índice é alarmante e requer atenção do poder público. "A gente só vai diminuir o número de adolescentes grávidas quando a educação for o primeiro foco dessas meninas. É preciso entender que formação, carreira e independência financeira devem vir primeiro que a vida sexual. Mas se a ordem for inversa, que seja, pelo menos, de forma segura. Assi, haverá prevenção de doenças sexualmente transmissíveis e da maternidade antes da hora", pontua.

Deixe seu Comentário