Rádios On-line
REAÇÃO

Universitários realizam protesto após suposto estupro de colegas; vídeo

Alunas teriam sido atacadas após participarem de uma festa, no início da semana

31 OUT 2018 - 11h:30Por Valdecir Cremon

Cerca de 150 estudantes se reuniram, nesta terça-feira (30), no campus 2 da UFMS, em Três Lagoas, para protestar contra o caso investigado pela polícia da cidade como estupro de duas universitárias. Eles pediram providências à polícia para o indiciamento de um colega – autor dos crimes -, que seria aluno da universidade, e cobraram mais segurança no campus.

Um grupo formado principalmente por alunas denunciou diversos casos de assédio por outros alunos, que seriam de conhecimento da direção da universidade, dentro do campus. Uma aluna disse que foi obrigada a passar por um corredor onde um estudante estaria se masturbando e outra contou que precisou correr para escapar de um agressor.

O diretor do campus, Osmar Jesus de Macedo, disse que nenhum caso de foi registrado pelos alunos numa secretaria criada em 2017 para ocorrências do tipo. A pasta oferece acompanhamento psicológico e assistência social a estudantes que “precisem de apoio”.

No caso em apuração pela Polícia Civil três-lagoense, os manifestantes anteciparam que querem a expulsão do aluno acusado pelos crimes, mesmo que ele seja liberado da cadeia. Osmar disse que o caso está em andamento e que ocorreu fora da universidade.

Veja reportagem.

*Reportagem atualizada em 1º de novembro, às 14h10 (MS) para correção de informação.

Deixe seu Comentário