Definir Três Lagoas como sua cidade padrão?

Sim Não
Rádios On-line
8515
Prefeitura PROREME 10 a 3011
VEJA O VÍDEO

Vereador tenta chorar na Tribuna da Câmara ao defender gastos com diárias

Vereadores irritados com a divulgação dos valores de diárias decidiram atacar a imprensa

12 JUL 2017 - 12h:31Por Redação

Pressionados pela opinião pública, que critica duramente o uso de quase R$ 10 milhões somente nos sete primeiros meses deste ano, os vereadores de Três Lagoas tentam de diversas maneiras, justificar gastos pessoais que chegam a quase R$ 130 mil apenas em despesas com viagens. Como se as lágrimas pudessem confirmar o uso correto de R$ 21,4 mil apenas com diárias, o vereador "Cascão", PDT, encenou uma crise de choro durante a sessão realizada na manhã desta terça-feira, (11). Numa tentativa de socorrer o amigo, o vereador Sargento Rodrigues, PSC, acabou complicando ainda mais a situação, revelando que Cascão é um político que faz muito pelo cidadão, “Inclusive doando cestas básicas e pagando cirurgias aos eleitores”, revelou.

Os gastos promovidos pela Câmara ganharam repercussão muito grande em Três Lagoas depois que o Jornal do Povo publicou um resumo das viagens e dos gastos promovidos por cada vereador este ano. Os dados estão disponíveis no Portal da Transparência da Câmara, que é público. Mas a divulgação no jornal acabou irritando os parlamentares, que decidiram dar início a uma onda de ataques ao Grupo RCN, controlador do Jornal do Povo. Entre discursos inflamados, acusações e ameaças, alguns dos 17 vereadores decidiram causar uma série de constrangimento aos profissionais do Grupo RCN, que acompanhavam a sessão.

O choro do vereador Cascão, que durante uma de suas viagens - que ainda  não ficou claro se foi paga com diárias -, chegou a publicar foto num estádio de futebol em São Paulo, veio quando ele tentou justificar as diárias gastas por ele até agora. As imagens da sessão que era transmitida pela internet, acabaram indo parar no Youtube. O que não fica claro, é se Cascão realmente chora ou se teria sido apenas uma encenação na tentativa de desqualificar o trabalho da imprensa.

Além de Cascão e do Sargento Rodrigues, outro vereador que fez discurso inflamado, foi Jorginho do Gás, ex-presidente da Casa e que responde a processo por improbidade administrativa, acusado de receber parte do salário de um ex-assessor. O caso está em tramitação na justiça.

 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
Dá Negócio
6864