Rádios On-line

Vigilantes fecham acordo do adicional salarial

Audiência foi realizada no Tribunal Regional do Trabalho presidida pelo desembargador Ricardo Zandona

9 FEV 2013 - 09h:03Por Arquivo JP

Em audiência de conciliação presidida pelo desembargador Ricardo Zandona, do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) com representantes do Sindicato dos Empregados de Segurança e Vigilância de Campo Grande e Região (SEESVIG) e empregadores foi estabelecido um acordo. O encontro foi realizado na tarde de ontem, no TRT.

Segundo informações do assessor de imprensa do SEESVIG, Palmir Franco, com base no acordo  a partir do pagamento de março os vigilantes começam a receber o adicional de 30% de acréscimo ao salário base que é de R$ 847,50. Este adicional está previsto na lei 12.740/2012, sancionada pela presidente Dilma Russef, em 8 dezembro do ano passado. Já o retroativo, referente aos meses de janeiro e fevereiro, será parcelado em três vezes a partir de abril. 

Os vigilantes entraram em greve no último dia primeiro. Portanto, no dia seguinte, o TRT/MS determinou, por meio de liminar, que 50% do efetivo dos vigilantes ligados aos sindicatos voltassem a trabalhar, sob pena de multa diária de R$ 20 mil. Entretanto, os vigilantes só retornaram ao trabalho na última quarta-feira.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13