Rádios On-line
Caminhão de Prêmios Urna Interna
ELEIÇÕES 2018

Vox Populi mostra André em 1º na corrida eleitoral; Azambuja é o 3º

Ex-governador é o preferido do eleitorado de Campo Grande para a sucessão; Jair Bolsonaro venceria Lula para presidente

30 MAR 2018 - 14h:00Por Lucas Mamédio

A pedido da Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul (Fiems), o Instituto  Vox Populi, divulgou, nesta semana, uma série de pesquisas de intenção de votos em Campo Grande para o governo do Estado, Senado e a Presidência da República. No levantamento estadual, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) aparece na terceira colocação em todos os cenários. 

Na pesquisa espontânea, Azambuja obteve 5% da intenção de votos. Em segundo lugar aparece o juiz federal aposentado, Odilon de Oliveira (PDT), com 10% e, em primeiro, o ex-governador André Puccinelli (MDB), com 12% . A pesquisa estimulada mostra que o atual governador continua em terceiro, mas com 9%. Nesse cenário há uma inversão nas duas primeiras colocações. Odilon vai para primeira colocação com 30% e, André fica em segundo, com 23%. 

A pesquisa ainda traz os nomes do ex-prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho (PTB), com 7%, e do médico Ricardo Ayache (PSB), com 2%, enquanto empatados com 1% aparecem o deputado federal Luiz Henrique Mandetta (DEM), Humberto Amaducci (PT) e Suel Ferranti (PSTU). O candidato Adalto Garcia (PRTB) não conseguiu somar nenhum ponto percentual, sendo que brancos e nulos somam 11% e indecisos totalizam 13%.

Para o Senado, a pesquisa estimulada tem dois cenários: o primeiro com Nelsinho Trad, Zeca do PT, Pedro Chaves (PRTB), Waldemir Moka (MDB), Eduardo Riedel (PSDB) e Chico Maia (Podemos), enquanto o segundo troca Riedel por Marcelo Miglioli (PSDB).  Na primeira opção, Nelsinho lidera com 27%; em segundo aparece o deputado federal Zeca do PT com 15%. Pedro Chaves vem em terceiro com 5%, e Moka tem 4%; Riedel e o pecuarista Chico Maia têm 2% cada. 

Pouca coisa muda no segundo cenário. Miglioli registra apenas 1% de intenção e Chico Maia sobe para 3%. 

A Fiems divulgou, na quarta-feira, o cenário dos presidenciáveis. Geraldo Alckmin (PSDB), que é do mesmo partido e próximo de Reinaldo, também apareceu com pouca expressividade, ficando em 7° lugar com 4% de intenção de votos. O deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) registrou 18%, seguido pelo ex-presidente Lula (PT) com 16%. 

Empatados com 8% estão o apresentador Luciano Huck  e o ex-presidente do STF, Joaquim Barbosa, que não têm partido. Logo abaixo estão a ex-senadora Marina Silva (Rede) com 6%, o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) com 5%, Alckmin com 4%, o ex-senador Álvaro Dias (Podemos), com 3%, e o senador Fernando Collor (PTC), com 2%. Empatados com 1% aparecem a deputada federal Manuela D’Ávila (PCdoB) e o presidente Michel Temer (PMDB), sendo que o ministro Henrique Meirelles (PSD) tem 0%. 

O Vox Populi ouviu 500 pessoas com 16 anos de idade ou mais em 31 bairros do município de Campo Grande, de 17 a 21 de março. A margem de erro é de 4,4 pontos percentuais para mais ou para menos e o grau de confiança é de 95%. A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral sob o número BR 09120/2018. 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13