Rádios On-line
CONCESSÃO

Zona azul amplia mil vagas no centro e aumenta a tarifa

Contrato entre prefeitura e a empresa fez três anos

3 AGO 2019 - 08h:24Por Kelly Martins

O estacionamento rotativo pago foi ampliado na área central de Três Lagoas e, desde 1º de agosto, motoristas estão pagando tarifa mais cara porque foi definida uma nova área de atuação da concessionária da zona azul, com a criação de mil vagas.

O contrato de concessão, assinado em 2016 com a prefeitura, previa as alterações. Uma delas é a ampliação do estacionamento rotativo nas ruas Paranaíba, Munir Thomé, Bruno Garcia, Elmano Soares e João Carrato, além da avenida Capitão Olyntho Mancini, no trecho em frente ao prédio da prefeitura,  e na avenida Antônio Trajano. 

“O contrato previa a criação de vagas já a partir do segundo ano de concessão. Mas, fizemos um mapeamento de vários estudos para saber em quais pontos poderíamos ampliar a zona azul, no centro Por isso, demoramos mais para definir”, justificou o diretor do Departamento de Trânsito, Flávio Thomé. Agora, segundo ele, a empresa tem o prazo de 70 dias para disponibilizar as novas vagas. 

MAIS CARO

Nesta semana, entrou em vigor um aumento de tarifa de R$ 0,20 para carros e de R$ 0,10 para motos. Agora, o motorista paga R$ 1,80 para deixar o carro na vaga por uma hora. Motociclistas pagam R$ 0,70 pelo mesmo período.

De acordo com o diretor, a concessionária também deverá aumentar os pontos de venda de bilhetes, o número de colaboradores e mesas fixas para atendimento a motoristas e venda de bilhetes. 

“Como vai aumentar a área, a empresa também terá de aumentar o número de colaboradores. Haverá um informativo junto aos monitores com a localização das mesas, locais de vendas, onde estão os funcionários. Outra vantagem para o usurário é o pagamento pelo aplicativo. É possível pagar por quantos minutos o veículo ficou na vaga”, reforçou Thomé.

No atual contrato de concessão estão previstas 2.846 vagas. Atualmente há 1.316 mil espaços para carros e 458 para motos. Segundo Thomé, o reparte da cobrança de tarifa, repassado pela concessionária à prefeitura, é usado na manutenção da sinalização do trânsito.

ABAIXO-ASSINADO

O Departamento Municipal de Trânsito informou que recebeu diversas reclamações de comerciantes sobre a falta de abrangência do estacionamento rotativo na área central. O motivo alegado por eles, segundo a pasta, é de que motoristas deixam veículos estacionados em frente aos estabelecimentos para fugir da cobrança de tarifa. A situação resultou em dois abaixo-assinados com pedido de ampliação do número de vagas na área de lojas.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13