Rádios On-line
CABELOS

11 dicas para que seu couro cabeludo pare de coçar

Dicas simples que podem solucionar esse problema rapidinho - antes que você tenha que iniciar um tratamento contra caspa!

16 JAN 2018 - 06h:00Por Redação

Sabe aquela coceirinha na cabeça que começa do nada e não pára nunca mais? Incomoda, né? Isso quando pedacinhos de caspa não ficam caindo ao coçar o couro cabelo. Antes de migrar para um xampu contra caspa, nós temos 11 dicas simples que podem solucionar esse problema:

1. Mude o seu xampu

Alguns xampus possuem ingredientes que secam o couro cabeludo, como o sulfato de sódio por exemplo. “Eles podem até causar vermelhidão e irritação, especialmente quando não são formulados ao lado de ingredientes para neutralizar a irritação”, diz Tom Brooks, químico e chefe de pesquisa e desenvolvimento de uma marca de produtos capilares. Experimente mudar sem xampu para um sem que não tenha sulfato.

2. Enxágue bem

“Depois de usar xampu e condicionador, enxágue seu cabelo com água fria – e por bastante tempo, até que todo o produto saia dos fios”, aconselha Tom.

3. Dose os produtos com silicone

“Silicones não penetram na pele, mas formam uma barreira que bloqueia a penetração de outros ingredientes. O excesso de produtos pode pesar os fios e até mesmo sufocar o seu couro cabeludo”. Você pode encontrar diversos produtos que contenham silicone, como xampu, condicionador e leave-in. Basta procurar por qualquer palavra na lista de ingredientes terminando com -ethethone.

4. Não use produtos com cola

“Cola ou ingredientes do tipo resina também podem sufocar o couro cabeludo se não forem lavados regularmente. Eles são encontramos em sprays de fixação e texturização”, alerta Tom.

5. Utilize óleos

“Assim como acontece com a pele, qualquer outra parte do corpo pode ficar seca caso falte umidade nela – tanto na sua dieta quanto aplicado diretamente no local”, diz a tricologista Sara Allison. Coma gorduras saudáveis (nozes, abacate, peixes) e invista em máscaras hidratantes regularmente.

6. Não cubra o couro cabeludo

“Reduza o uso de chapéus ou perucas o máximo possível. Isso pode causar falta de oxigênio no couro cabeludo, gerando diversos problemas”, diz Tom.

7. Escove seu cabelo

Se você já tentou todos os itens acima e seu couro cabeludo continua descascando, então você possui caspa. Isso significa que você está produzindo exageradamente novas células da pele e tirando as antigas. Tente pentear os fios diariamente para ajudar a tirar todas essas células. Em alguns casos isso melhora a situação.

8. Faça esfoliação na cabeça

Uma vez por semana, faça uma esfoliação no seu couro cabeludo para ajudar a retirar as células mortas. Produtos que contenham ácido salicílico são os mais indicados para isso.

9. Tratamento específico para a caspa

A coceira persistente pode ser devida a uma superprodução de fermento ou uma infecção por fungos, por isso a maioria dos xampus contra caspa possuem ingredientes anti-fúngicos ou antimicrobianos.

10. Tenha uma rotina

“Se você possui flocos e couro cabeludo muito gorduroso com escamas brancas ou amarelas, você tem dermatite seborreica”, diz Sara. “Ela é causada por um germe de levedura que se alimenta do excesso de sebo, desencadeado por uma resposta alérgica ao estresse, cosméticos ou alimentos”. Use xampus contra caspa diariamente para tratar isso. Se nenhum xampu funcionar após algumas semanas de uso, então consulte um médico, pois você pode precisar de um tratamento mais agressivo.

11. Consulte um especialista

“Se seu couro cabeludo é extremamente escamoso e seco, você pode estar sofrendo de psoríase”, diz Sara. “É uma condição auto-imune que pode ser genética, com gatilhos semelhantes à dermatite seborréica. Com a psoríase, as células se renovam semanalmente ao invés de mensalmente. Elas se acumulam e bloqueiam os folículos capilares, dificultando a penetração de seu próprio sebo hidratante, bem como óleos e loções cosméticas”. Se você suspeita dessa condição, consulte um médico pois xampus contra caspa não são suficientes para isso.

(mdemulher)

Deixe seu Comentário