Rádios On-line
8026
Prefeitura Horário de Atendimento
FAMÍLIA

15 filmes sobre pais e filhos para ver com as crianças ou sozinha

Aproveite o tempo livre dos pequenos nas férias para expandir o repertório das sessões de cinema em casa

13 JUL 2017 - 15h:42Por Redação

Não existe preparação demais para o tempo livre das crianças durante as férias: é sempre bom planejar o que aproveitar da programação da cidade e também ter na manga muitas atividades para fazer em casa. Dentre elas, preencher o tempo com “sessões de cinema” no sofá é uma das mais gostosas. Dá para ficar juntinho das crias e, escolhendo bem os filmes, tirar deles lições e assuntos para serem debatidos em família.

Para ajudá-la no repertório, selecionamos 15 títulos que, de alguma forma, abordam as relações entre pais e filhos. Os 10 primeiros são para ver com os pequenos e os outros 5, para assistir quando eles estiverem fora ou dormindo – suas histórias podem ser um pouco fortes para as crianças, mas delas você pode tirar algum ensinamento.

Filmes sobre pais e filhos para ver com as crianças

1. “A Era do Gelo” (2002)

Uma das subtramas do filme é o trauma da preguiça Sid por ter sido abandonada pela família quando criança, o que ela tenta compensar agindo como mãe de um bebê humano. Uma graça de relação, que mostra que amor de mãe não precisa de vínculos sanguíneos. Além disso, a história permite que você fale sobre mudanças climáticas atuais com os pequenos.

2. “A Era do Gelo 3” (2009)

A preguiça Sid não superou seu trauma familiar, e desta vez passa dos limites: ela rouba ovos de dinossauro e adota os bichinhos, que por um tempo a tratam como mãe. Ela acaba aprendendo a lição que ninguém tem o direito de roubar filhos por aí, mas reforce esse ensinamento com as crianças.

3. “Como Treinar Seu Dragão 2” (2014)

A reunião da família de Soluço, quando todos achavam que sua mãe estava morta, é uma linda lição de que o amor familiar vence as barreiras de tempo e de distância. Mas tenha lencinhos à mão e se prepare para falar sobre morte com as crianças.

4. “Valente” (2012)

Todo mundo aprende nesta história. Às mães ficam as lições de que não é possível ou desejável definir os rumos da vida dos filhos e de que sim, mães também erram; aos filhos, de que por mais que pareça que as mães estão erradas, tudo que elas fazem é por amor e por querer o melhor para eles.

5. “Meu Malvado Favorito” (2010)

O supervilão Gru adota três meninas como parte de um plano malvado, mas acaba descobrindo um amor e um lado bom que nem imaginava que ainda existia dentro dele. Um ensinamento muito bacana deste filme é que a adoção de crianças maiores também pode ser um sucesso. 

6. “Os Croods” (2013)

Desde a pré-história, de acordo com este filme, existe aquele paizão que acha que precisa proteger a filha dos rapazes. Quando um jovem entra na vida da garota e ela gosta, esse pai precisa se reinventar para encontrar significado em sua vida – e depois entender que amor não de divide, mas se multiplica. Bem bonito!

7. “Shrek para Sempre” (2010)

Sabe aqueles dias em que você pensa “Meu Deeeus, que saudades da vida sem as responsabilidades de mãe!”? (ninguém aqui está julgando, tudo bem sentir isso vez ou outra) Shrek passou por isso também e foi às últimas consequências para ver como seria sua vida sem a família que construiu. Conclusão: apesar dos eventuais perrengues, estar com o/a companheiro/a e as crianças sempre é melhor.

8. “Os Incríveis” (2004)

É necessário respeitar as individualidades de cada pessoa da família: esta é a grande mensagem desta história, que é muito mais que um filme de heróis. O amor sempre deve falar mais alto.

9. “Procurando Nemo” (2003)

Superproteção não é uma boa ideia na criação dos filhos; é por causa dela que Nemo sai despreparado para um mundo hostil, só por pirraça contra o pai que o restringe demais. Pode ser meio difícil ver nossos bebezinhos virarem seres autônomos, mas criamos nossos filhos para o mundo. Com orientação e amor.

10. “Dumbo” (1941)

Que tal um clássico da Disney para encerrar esta parte da lista? A história do elefantinho mais amado do cinema tem duas grandes lições. A primeira é que o amor materno não tem limites – a mãe não tem medo de ser presa por defender o filho. A segunda é que não existe distância que diminua o amor puro entre mãe e filho. É um filme que nunca perde a validade.

E filmes sobre pais e filhos para ver sozinha

11. “Minhas Mães e Meu Pai” (2010)

Mães e pais também são pessoas que ficam confusas em relação aos sentimentos, erram, se arrependem e amam, amam muito. O grande mérito deste longa é mostrar isso e abordar a sexualidade dos adultos de uma forma muito singela e natural. Além, é claro, de apresentar novos arranjos familiares que podem funcionar superbem (desde que bem administrados).

12. “Nunca Sem Minha Filha” (1991)

Até onde vão as forças de uma mãe para lutar pela guarda da filha quando resolve se separar do pai da criança e voltar para seu país de origem? Esta é a premissa desse filmão com Sally Field, em que ela é uma norte-americana lutando contra as leis do Irã e o machismo institucionalizado. E pensar que, guardadas algumas diferenças de países, essa história se repete na vida real até hoje…

13. “Sem Reservas” (2007)

Conciliar carreira, crianças e relacionamentos não é uma tarefa nada fácil, mas muitas vezes quem vê a situação de fora acha que nem é tããão trabalhoso assim. Kate, uma chef focadíssima no trabalho, é uma desta pessoas, mas muda de ideia quando se torna a guardiã da sobrinha e engata um namoro com um colega. É bom para quem está nesta situação de equilibrar pratinhos todos os dias para dar conta de tudo lembrar do quão especial é o trabalho que faz.

14. “A Escolha de Sofia” (1982)

Drama dos bons que levanta um dos maiores tabus da história das famílias em qualquer lugar do mundo: o amor pode ser do mesmo tamanho, mas será que todos os filhos são amados exatamente da mesma maneira?

15. “Juntos pelo Acaso” (2010)

Uma comédia romântica para encerrar a lista. ???? Holi e Eric se odeiam, mas acabam virando pais adotivos com guarda compartilhada do bebê da noite para o dia (coisas que só acontecem em filmes) Aos trancos e barrancos, entendem que o amor por um filho supera as diferenças entre os adultos. Bem bonitinho para assistir sem precisar pensar muito. (Informações Bebe.com)

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
Dá Negócio
6651