Rádios On-line
11557

A revelação de Larissa Maciel no especial "Maysa - quando fala o coração"

Manoel Carlos adotou o mesmo critério usado em 2001, na minissérie ?Presença de Anita?

5 JAN 2009 - 15h:29Por Redação

Ao escolher a atriz para protagonizar o especial “Maysa - quando fala o coração” o autor Manoel Carlos adotou o mesmo critério usado em 2001, na minissérie “Presença de Anita”: optou por um rosto desconhecido na televisão. O método deu certo. A estreante Mel Lisboa povoou o imaginário do público interpretando a ninfeta sedutora que faz um escritor cinquentão perder as estribeiras.

Se a eficiência da fórmula se confirmar, o público deve se preparar para ser seduzido por outra novata: Larissa Maciel. Selecionada entre mais de 200 atrizes, a gaúcha de 30 anos foi a eleita de Manoel Carlos para viver a musa do samba-canção na minissérie que estreia nesta segunda-feira (5).

“Poucos jovens sabem quem foi Maysa e de sua importância para a nossa música”, explica o autor. “Então, para apresentar’ essa diva à nova geração, achei por bem utilizar um rosto novo, uma atriz que fosse transformada em Maysa”.

A transformação surpreendeu até a própria Larissa, que nunca se achou parecida com a cantora. Em comum com a intérprete do clássico dor-de-cotovelo “Meu mundo caiu” só mesmo os olhos grandes, num tom que oscila entre o azul e o verde. 

“Passei um ano mergulhada no universo da Maysa. Estudei seu gestual, seu tom de voz, o ritmo da respiração...”, conta Larissa. “Chegou uma hora em que, quando o maquiador fazia o primeiro traço da sobrancelha, eu já virava Maysa”.

Quem confirma essa “incorporação” é o diretor Jayme Monjardim, único filho de Maysa, que costuma de chamar a minissérie de "maior projeto" de sua vida. “Larissa aprendeu a segurar o cigarro e o copo de uísque do jeitinho que minha mãe fazia. Fiquei muito emocionado”, garante o diretor.

Larissa, que até então havia feito apenas alguns especiais na TV gaúcha e no teatro de Porto Alegre, não teme que tamanha semelhança logo no primeiro grande papel possa atrapalhar sua carreira. “Não acho que eu vá ficar marcada. O que eu fiz foi me entregar de corpo e alma a um personagem e é isso que continuarei fazendo enquanto for atriz”.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13