Rádios On-line
MODA

Alessandro Michele e chefe executivo da Gucci discutem o imediatismo

O modelo see-now-buy-now está tomando a moda de supetão

2 MAI 2016 - 16h:34Por O Fuxico

O modelo see-now-buy-now está tomando a moda de supetão. Não à toa, inúmeras marcas, como a Burberry, decidiram adaptar o seu sistema de produção para colocar à venda as peças que criam imediatamente depois dos desfiles – e isso já começou a aparecer no calendário fashion nacional e internacional.

Porém, não são todos que apoiam essa nova versão do mercado. Alessandro Michele, diretor criativo da Gucci, assim como o chefe-executivo da label,Marco Bizzarri, comentaram em um artigo para a nova edição da revistaSystem porque se posicionaram contra essa mudança.

“Alguém realmente perguntou para os consumidores se eles querem que os produtos estejam disponíveis depois do show? Você fala que três bolsas estão sendo lançadas amanhã em cinco lojas, então você produz 15 bolsas. Quantos consumidores você vai satisfazer com isso? Quinze!”, disse Marco para a publicação, segundo o WWD. “Indo adiante, se você quer ficar longe do fast fashion, eu acho, pessoalmente, que devemos ir no sentido oposto do que o que tem sido falado”.

Tanto Marco quanto Alessandro concordam também que os desfiles de moda ainda têm a sua devida importância, mas com um limite:

“Do ponto de vista do branding, o desfile de moda é apenas uma fração do nosso negócio, e o impacto que você tem no público é muito, muito, pequeno. Quero dizer, o que são as pré-coleções? Isso é tão importante quanto o show. Então, nos deixe usar o desfile para contar uma história e se precisarmos fazer algo para ficarmos mais perto do consumidor, vamos garantir que as lojas hoje não são mais esses mausoléus que você tem medo de entrar”, completou Marco.

Alessandro, claro, vê nos desfiles a importância de investir no lado etéreo, do imaginário, da moda.

“Eu amo os desfiles de moda: eles são o momento quando você dá vida para as roupas. Se não, é só uma saia. Moda é sobre o sonho e sem o sonho, ela não existe mais. Então, eu acredito mais e mais no desfile de moda e eu acho que a moda precisa ser mais fashion do que nunca”. 

Deixe seu Comentário