Rádios On-line
MúSICA

Banda Marcial é transformação de jovens de Selvíria

Histórias de superação e inclusão fazem parte da trajetória da banda

29 JUL 2019 - 17h:17Por Redação

Com o apoio da Suzano, a Banda Marcial Santa Maria de Selvíria (MS) é um referencial na formação pessoal e social de meninos e meninas com idades a partir dos 13 anos que desenvolvem, por meio da música, a cidadania e o gosto pelas tradições. A banda, criada em 1984, conta atualmente com 60 pessoas e participa de apresentações em diversas cidades, dentro e fora do estado.

“Incentivar projetos sociais que utilizam a música como instrumento de desenvolvimento humano impacta positivamente na qualidade de vida de cada criança e adolescente, e isso reflete também nas famílias”, diz a consultora de Desenvolvimento Social da Suzano, Evânia Lopes.

A Suzano apoia o conjunto há dois anos. Nesse período, foram adquiridos novos instrumentos musicais, camisetas para o ensaio e o uniforme de gala, utilizado nas apresentações e desfiles oficiais. “O apoio é fundamental para o aprendizado dos jovens e a estrutura da banda, viabilizando também as apresentações em outras cidades, que trazem a possibilidade de intercâmbio e evolução dos músicos, sempre motivados a melhorar e mostrar o trabalho desenvolvido nos ensaios”, destaca Fernando Alexandre Araújo, maestro regente da banda.

Essa rotina já mudou a vida de gerações de crianças e jovens, que tiveram suporte no conjunto para superarem dificuldades, serem reconhecidos por seu talento e manterem viva a tradição. Gustavo Moreli, de 17 anos, tem na família uma geração inteira de músicos que fizeram carreira na banda. Para dar continuidade ao legado, teve de superar um grande obstáculo: a timidez. “Foi muito difícil, mas um amigo me levou ao ensaio e me apresentou um trombone. Aos poucos, fiz amizades, criei laços e tudo isso me ajudou muito. Agora, que sou mais focado, quero estudar agronomia. Sou muito grato à corporação”.

A formação humana é um dos pilares do projeto. Muitos integrantes começaram na banda ainda crianças e conquistaram reconhecimento com o aprendizado que tiveram. O líder de Percussão, Leonardo Henrique Cruz da Silva, ingressou no conjunto em 2006, quando tinha 13 anos. “Não tinha coragem para participar dos ensaios, não conversava com ninguém, mas com o tempo, aprendi a conviver e ser mais sociável, sempre aumentando o meu conhecimento. Passei minha infância e adolescência na banda e tudo o que aprendi e sou hoje, devo à equipe da Banda Marcial Santa Maria”.

A Banda Marcial Santa Maria de Selvíria conquistou vários prêmios recentemente, entre eles o vice-campeonato estadual na categoria sênior em Anastácio (MS) e Ribas do Rio Pardo (MS), a primeira colocação na categoria baliza, também em Ribas do Rio Pardo, o terceiro lugar no Festival de Auriflama (SP) e também foi uma das atrações do concurso de bandas e fanfarras realizado em Três Lagoas no mês de junho.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13