Rádios On-line
11559

Facebook desmente ter tornado públicas algumas mensagens privadas

Havia também relatos de mensagens privadas trocadas apenas entre dois ou mais utilizadores e que passaram a aparecer nos murais.

25 SET 2012 - 11h:30Por Redação

 Em alguns murais, os posts publicados em 2007, 2008 e 2009 e que estavam definidos como privados terão passado a estar acessíveis a quem que consultasse o perfil da pessoa afectada – e não apenas aos que esta definiu no momento em que publicou o comentário. Havia também relatos de mensagens privadas trocadas apenas entre dois ou mais utilizadores e que passaram a aparecer nos murais.


Além disso, mesmo que a pessoa afectada decidisse apagar a mensagem em causa, caso tenha sido escrita no mural de um destinatário, só se ambos a apagassem é que o comentário desaparecia totalmente. Numa conversa que tenha envolvido vários utilizadores a eliminação torna-se ainda mais complicada, já que todos têm de remover manualmente a mensagem.

O caso levou mesmo o Governo francês, através de um comunicado, a pedir explicações à direcção do Facebook sobre a possível falha de segurança que “atenta contra a vida privada e as liberdades individuais” de quem tem conta na rede social.

De acordo com a explicação do Facebook, as mensagens em causa sempre foram colocadas no mural como públicas. Mas como na altura ainda não existia a possibilidade de os utilizadores utilizarem o botão “gosto” (“like”, na versão em inglês) ou de colocaram coisas nos murais dos amigos, isso terá induzido as pessoas em erro, fazendo-as pensar que eram mensagens privadas.

“Os nossos engenheiros investigaram essas queixas e concluíram que as mensagens era afinal posts antigos que sempre tinham estado visíveis. O Facebook está assim muito satisfeito por não existir qualquer quebra de privacidade”, explicou a empresa. Uma explicação que não convenceu o site especializado em informação na área das tecnologias TechCrunch, que fez uma captura de ecrã onde mostra uma mensagem privada trocada entre o fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, e alguns amigos no final de 2009.

As questões de privacidade no Facebook têm sido um tema recorrente, com algumas denúncias feitas em vários países, mas que raramente foram confirmadas. Esta polémica surge numa altura em que a rede social já está cotada em bolsa, e quando Zuckerberg pretende tirar mais partido da parte empresarial e publicitária da rede. Contudo, o desmentido não impediu que as acções do Facebook caíssem mais de 9% na bolsa de Nova Iorque – a maior queda desde 27 de Julho.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13