Rádios On-line
MODA

Fernanda Oliveira, a brasileira que conquistou a moda

ELLE conversou com exclusividade com a recifense que conquistou a Saint Laurent -- e que arrasa além de um corte capilar acidental.

22 ABR 2017 - 06h:00Por Redação

É preciso ter pé atrás quando modelos estouram após um corte de cabelo. Não que o sucesso seja injustificado — é claro que os fios moldam o rosto e podem transformar completamente uma imagem —, mas ele também não é um passe de mágica: normalmente existe um trabalho, busca ou aceitação da própria identidade da modelo, que é anterior ao corte. Mesmo que a aparada seja acidental, como no caso de Fernanda Oliveira. “Eu tinha feito box braids e cortei quando rolou um show da Rihanna para poder pular e me mover com mais facilidade. Porém eu cortei mais curto que meu cabelo de verdade (risos), e o único formato pra resolver foi esse”, conta a modelo.

Quem rola seu feed no Instagram pode ver que a Fernanda que fez as box braids já tinha um estilo mais apurado e também experiência como modelo, ainda que com marcas não tão onipresentes quanto as gigantes internacionais que fazem parte seu portfólio atual. Além disso, ela já tinha uma personalidade única há tempos, que foi acalorada quando renovou os fios. “Eu sempre amei meus cachos e nunca quis alisar. Sempre tive cabelo grande e cacheado e quando cortei ele curtinho, eu chorei por um tempo, mas quando me acostumei acabei achando que combinava mais com a minha personalidade”, fala a modelo sobre sua questão capilar. Apesar da aparente sorte, o caminho traçado por ela, hoje com 19 anos, é muito menos acidental e mais fruto de um treinamento intenso e natural: sempre interessada em styling, Fernanda teve a oportunidade de aprender muitos truques durante os shootings e backstages. Junto com sua vivência, desenvolveu um estilo único.

 

(Mdemulher)

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13