Rádios On-line
11558

MIS exibe filmes inéditos do artista australiano Graham Burchett na Capital

A entrada é gratuita para a exibição de dois filmes curtas-metragem do artista australiano Graham Burchett: Fragments e Unfinished

26 JAN 2009 - 14h:32Por Redação

O Museu da Imagem e do Som (MIS), unidade da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, nesta quarta-feira (28), às 16 horas, faz a exibição de dois filmes curtas-metragem do artista australiano Graham Burchett: Fragments e Unfinished. A entrada é gratuita.

Os dois curtas são produções australianas de 2008 realizados com a técnica conhecida como “rotoscope”, que transformam imagens de vídeo em animação. Fragments é uma jornada visual pelos pensamentos de um homem que, através de objetos, traz à memória fatos do passado. O filme tem 6 minutos de duração e possui legendas em português. “O Fragments traz pessoas, lugares e objetos pra formar a base de uma fragmentada jornada visual”, explica Graham. Ele buscou nesse filme cores com mais intensidade e maior contraste a fim de trazer ao espectador uma leitura dos sentimentos do personagem principal, ainda às voltas com um amor do passado.

Unfinished, com 5 minutos de duração, possui um enredo mais abstrato e pede do espectador uma postura mais sensível que racional. É um filme que fala do caminhar do ser humano na história, com suas mudanças e nuances. O nome Unfinished significa “inacabado” e remete à transformação incessante das vidas e histórias de cada um. “Estamos sempre caminhando para algum lugar e as coisas estão sempre mudando. O título do filme já traz essa idéia de transformação e se propõe a ser mais uma poesia visual do que uma narrativa propriamente dita”, diz artista. O filme trabalha a sobreposição de imagens e sons que traz um enredo que não utiliza a comunicação verbal.

Sobre o diretor

Graham Burchett nasceu na Bulgária e mora na Austrália desde os 4 anos. Filho de artistas visuais e neto de um dos mais famosos jornalistas australianos, Wilfred Burchett, Graham vem desenvolvendo sua carreira de designer, fotógrafo e cineasta ao mesmo tempo em que estuda Artes Visuais na Sydney College of the Arts, na Universidade de Sydney. Graham dirigiu filmes como Cirque (2002), Docking the Brown Load (2004), The Wanderer (2008), Sonho (2008), Fragments (2008), Unfinished (2008). Atualmente está ministrando uma oficina de fotografia na Favela da Rocinha, Rio de Janeiro, em parceira com o Instituto Dois Irmãos. A oficina tem turmas de adultos e crianças e se propõe a ensinar técnicas básicas de fotografia para os cariocas da Rocinha.

Projetos na Austrália

Artbreak.com.au é o site onde se pode conferir um dos trabalhos de Graham em parceria com artistas de vários países do mundo. É um projeto de arte em áreas públicas que se propõe a divulgar filmes através de uma plataforma democrática e acessível. A idéia é que realizadores de artes visuais possam mostrar, com ferramentas tecnológicas, seus trabalhos para o maior número possível de pessoas. O ArtBreak começou com projeções de filmes nos túneis do metrô de Sydney e já realizou exposições também no Federation Square, na cidade de Melbourne, com a participação de artistas do Reino Unido, Alemanha, França, Dinamarca, Sérvia e Brasil.

O MIS fica na Av. Fernando Correa da Costa, nº 559, 3º andar.

 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13