Rádios On-line
11559

Morre Xangô, um dos baluartes da Mangueira

Em nota, a presidente da Mangueira, Eni Gonçalves, a Chininha, e a diretoria lamentaram profundamente a morte de um de seus baluartes

8 JAN 2009 - 09h:51Por Redação

O histórico diretor de harmonia Olivério Ferreira, o Xangô da Mangueira, morreu nesta quarta-feira aos 85 anos de falência múltipla dos órgãos na Clínica Irajá.

Em nota, a presidente da Mangueira, Eni Gonçalves, a Chininha, e a diretoria lamentaram profundamente a morte de um de seus baluartes.

Sambista carioca, Xangô nasceu no Estácio e começou a compor sambas na Portela. Em 1939 foi para a Mangueira. Até 1951 foi o puxador oficial dos sambas-enredo da escola, passando depois o posto a Jamelão.

O enterro será nesta quinta às 16h no Cemitério do Caju, Rio de Janeiro.

 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13