Rádios On-line
7913
Prefeitura Folclore 14 a 180819

Morreu o ?gigante? de The Green Mile

4 SET 2012 - 15h:27Por Redação

 Michael Clarke Duncan sofreu um ataque cardíaco a 13 de Julho e “nunca recuperou totalmente”, disse Joy Fehily à agência Reuters. Desde então o actor permanecia internado. 


A voz grave e a altura (1,96m) conferiram ao actor uma presença forte no écran. Mas nem sempre foi assim. Duncan começou por cavar valas para a companhia do gás de Chicago, cidade onde nasceu, até que decidiu partir para Los Angeles e tentar realizar o sonho de ser actor. Trabalhou como guarda-costas para actores como Will Smith, Martin Lawrence e Jamie Foxx e só depois seguiu o seu próprio caminho na representação, tendo desempenhado alguns papéis antes de participar no filme Armageddon, em 1998.

O seu desempenho abriu caminho a que, um ano mais tarde, assumisse uma personagem forte no drama The Green Mile – À espera de um milagre, com Tom Hanks. Duncan foi, então, um recluso com poderes mágicos que foi condenado à morte por dois assassinatos que não cometeu. O seu trabalho valeu-lhe a nomeação para os Globos de Ouro e para o Óscar da Academia na categoria de melhor actor secundário. 

“Estou terrivelmente triste com a perda do Grande Mike. Ele foi o tesouro que todos descobrimos na rodagem de The Green Mile”, disse o actor Tom Hanks, acrescentando que Michael Clarke Duncan “era mágico, um amor de pessoa”.

Frank Darabont, realizador de The Green Mile, recordou que à semelhança de John Coffey, a personagem do actor no filme, a imagem de Michael Clarke Duncan contrastava com a sua personalidade. “Michael era a mais sensível das almas, um exemplo de decência, integridade e bondade”, disse o realizador em comunicado. “Não consigo expressar a tristeza que sinto.”

“A cena do filme que mais me custou filmar foi a das duas crianças mortas, simplesmente porque tinha de chorar muito”, disse o actor numa entrevista em 1999, recordando que a cena era tão real que lhe era impossível não ficar emocional. “Vou-me recordar desse dia para sempre.” 

Depois do sucesso de The Green Mile, Michael Clarke Duncan entrou em filmes como Falsas Aparências (2000), Planeta dos Macacos (2001), O Rei Escorpião (2002), Demolidor - O Homem Sem Medo (2003) e Sin City - A Cidade do Pecado (2005).

Emprestou também a sua voz a muitas personagens de filmes de animação, entre os quais se destacam Como Cães e Gatos (2001), Kenai e Koda (2003) e O Panda do Kung Fu (2008). Mais recentemente foi na televisão que o seu nome mais apareceu, tendo participado em alguns episódios da série televisiva Family Guy e protagonizou também alguns episódios de Two and a Half Men – Dois Homens e Meio.

A namorada de Duncan, Omarosa Manigault, estrela do reality show The Apprentice, pediu privacidade neste momento, garantindo que as homenagens públicas e privadas ao actor serão anunciadas em breve.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
BAND
7300