Rádios On-line
11557

O maior sucesso da paróquia

Padre Fábio, novo ídolo do público católico, faz show amanhã e quarta para gravar DVD em que canta músicas religiosas e populares, como "Pai"

5 JAN 2009 - 15h:03Por Redação

Padre Marcelo Rossi não é mais a única estrela católica sob a luz da ribalta. Depois de vender um milhão e 200 mil cópias de 11 CDs - 500 mil somente de "Vida", o mais recente deles, lançando há apenas três meses - o mineiro padre Fábio de Melo sobe ao palco do Canecão para gravar seu primeiro DVD amanhã e quarta-feira, às 20h30.

O novo astro pop não se incomoda com as comparações com o colega de batina. “Padre Marcelo faz um trabalho bonito de comunicação. Eu o admiro muito pela coragem com que assumiu a grande mídia. É natural que todos os padres que optarem também pela comunicação sejam comparados com ele. Lutamos pelas mesmas causas”, diz o religioso de 37 anos, nascido na cidade de Formiga.

Além dos dotes musicais, padre Fábio também é professor universitário, graduado em Filosofia e Teologia, pós-graduado em Educação e em Teologia Sistemática e tem cinco livros publicados. “Nunca pensei que minhas possibilidades como padre seriam tantas”, diz ele, que se preparou para o ofício religioso durante 19 anos.

Ordenado padre em 2001 e atualmente ligado à Diocese da cidade paulista de Taubaté, o padre reconhece as tentações do sucesso. “Um líder religioso atua num limite muito tênue entre imagem pessoal e conteúdo que anuncia. O grande problema é a notoriedade que pode me fazer esquecer quem eu sou. É contra isso que preciso lutar”, admite o religioso que vem despertando a libido de muitas seguidoras por causa da bela estampa.

“Me incomoda quando sou reduzido à minha aparência. Fico triste quando as pessoas me julgam sem me conhecerem. Todo mundo que é público sofre desse mal. Eu sempre digo: eu sei quem eu sou. Os outros me imaginam”, diz o sacerdote que incluiu sucessos mundanos como Pai (Fabio Jr.) e O caderno (Toquinho/ Mutinho) no roteiro do show. “A boa música popular brasileira é naturalmente religosa, porque consegue unir poesia, valores e excelentes melodias”, avalia.

Ainda não será desta vez que padre Fabio realizará um desejo comum a muitos cantores: gravar canções do Rei. “Roberto Carlos tem preciosidades que um dia eu gostaria de gravar. Nos shows eu arrisco cantar algumas. Luz Divina, Jesus Cristo, Jesus Salvador, mas ainda não gravei. Um dia eu crio coragem e peço autorização para ele”, sonha.

VENDA DE CD AJUDA OBRA SOCIAL

Em seu site oficial (www.fabiodemelo.com.br) são vendidos CDs - a coletânea de três discos com os maiores sucessos custa R$ 44,90, os demais saem por R$ 18 em média -, livros e camisetas, estas em prol do "Ato Solidário", campanha criada por ele, através da qual uma obra assistencial recebe incentivos obtidos com as vendas do site.

“Sobrevivo do meu trabalho. Afinal, não tenho paróquia. Sou um autor. Todos os padres que conheço e trabalham com música estão comprometidos com causas muito nobres”, diz padre Fábio que também é apresentador de televisão, todas as quintas, às 22h30, no comando do programa "Direção Espiritual", na TV Canção Nova, sediada na cidade de Cachoeira Paulista. “Tornar público o meu jeito de evangelizar é uma forma de me comprometer ainda mais com a seriedade que eu preciso ter”, explica o sacerdote, que será dirigido por Túlio Feliciano nas duas noites de show no Canecão.

 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13