Rádios On-line

Pequenos e práticos, tablets estão na moda

Venda de tablets no Brasil cresce 171% em 2012, diz pesquisa

17 ABR 2013 - 10h:15Por Redação

Tablet, também conhecido como Tablet PC, é um dispositivo pessoal em formato de prancheta que pode ser usado para acesso à internet, organização pessoal, visualização de fotos, livros, jornais e para entretenimento com jogos.

Apresenta uma tela touchscreen, que permite a utilização da ponta dos dedos ou uma caneta própria.

A popularização dos tablets começou a se dar com o lançamento do Ipad, pela Apple Inc.

Após o enorme sucesso, outros fabricantes passaram a desenvolver tablets com recursos semelhantes usando o sistema Android da Google.

Segundo o site istoedinheiro.com, o país vendeu 3,1 milhões de unidades no ano passado. Desse total, 77% dos dispositivos têm o sistema Android.

A consultoria IDC divulgou recentemente mais um estudo sobre o mercado móvel no Brasil e registrou que a venda de tablets no país teve crescimento de 171% ao longo de 2012 em comparação ao mesmo período de 2011, quando 1,1 milhão de unidades de tablets foram vendidas no país. A pesquisa mostrou que, somente no quarto trimestre de 2012, foi vendida a mesma quantidade de tablets no Brasil.

Mais da metade do mercado concentra-se nos tablets ‘populares’, com preço de até R$ 500, que se conectam somente às redes Wi-Fi. Essa faixa de preço tem sido adotada, sobretudo por empresas que há até pouco tempo investiam em outros produtos, como GPS, mas agora decidiram ampliar sua linha de eletrônicos. O Brasil tem cerca de 4,2 mil pontos de Wi-Fi, segundo a Jiwire, empresa dona de um aplicativo que funciona como um mapa colaborativo de pontos de rede sem fio no mundo. A Coreia do Sul tem mais de 186 mil e os Estados Unidos, mais de 182 mil. A China e a Rússia, as únicas do Brics no ranking dos dez países que mais têm pontos de acesso, ocupam a quarta e a sétima posição, respectivamente. (O bloco também é formado por Brasil, Índia e África do Sul).

Hoje, existem até os minitablets, que já estão liderando as vendas no mercado. 

Mais leves e portáteis, os tablets menores (de 7" a 9” polegadas) conquistaram os consumidores e se tornaram os favoritos nas vendas de janeiro de 2013, em relação aos tablets de tamanhos maiores (de 9,7" a 10,1").

A fabricante taiwanesa Foxconn, que monta os produtos da Apple no Brasil, já fabrica lotes do ipad Mini em sua planta de Jundiaí, no interior de São Paulo. Segundo pessoas próximas à empresa ouvidas pelo site de Veja, as primeiras unidades devem chegar às lojas na segunda quinzena de maio, custando entre 1.000 e 1.100 reais o modelo mais barato (de 16 GB e Wifi).

Desde o lançamento do mini iPad, no final de 2012, o mercado de tablets com tamanhos reduzidos surpreendeu seus fabricantes. A Apple estava planejando vender cerca de 40 milhões de mini iPads e 60 milhões de iPads no ano de 2013. No entanto, a realidade parece ser o inverso: o mini iPad se tornou mais popular que o iPad, segundo o estudo da DisplaySearch.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13