Rádios On-line
8975
Nova Estrela 0603
CASA

Saiba como limpar os pelos dos pets espalhados pela casa

4 dicas eficientes para remover os pelos de cachorros e gatos do chão e dos tecidos.

27 MAR 2019 - 06h:00Por Redação

Todo mundo que tem um gato ou um cachorro sofre com o mesmo problema: não há um lugar na casa que não esteja cheio de pelos. E não tem jeito: esse inconveniente faz parte da vida com pets! Mas alguns truques podem deixar tudo limpo com mais facilidade. Anote as dicas:

1. Não use a vassoura!

Ela acaba espalhando os pelos. Vá de aspirador de pó: ele acerta os pelos em cheio e ainda consegue limpar piso frio, carpete, tapete, sofá, rodapé…

Se você precisar de uma ajudinha extra, saiba que o mercado tem acessórios bem específicos que otimizam o desempenho de aspiradores, como o Bocal Pet.

2. Use o rodo 

Você pode utilizar com ou sem pano umedecido, apesar dessa última opção ser um pouco mais eficaz, pois prende os pelos, enquanto a primeira apenas os arrasta.

Vale também passar aquele rodo de pia, que usamos depois de lavar louça, para limpar tapetes e tecido.

3. Limpe com luvas de borracha!

Sabe aquelas luvas que você usa pra lavar a louça e fazer faxina? Elas podem ser muito úteis na hora de tirar os pelos de sofás e poltronas, uma vez que eles aderem nela com facilidade.

Bata colocar as luvas e passar a mão na superfície que precisa ser limpa!

4. Aposte em material adesivo!

Pode ser aquele rolo adesivo vendido em mercado e lojas de animais, mas também é possível improvisar: pegue uma fita adesiva comum e enrole nos dedos, com a parte colante para cima. Depois, é só passar no local que está cheio de pelos. Tudo deve grudar ali e depois é só jogar no lixo.

Fique atenta aos pets: o que causa a queda pelos?

É normal que os animais troquem de pelo naturalmente. Mas se você acha que algo está errado com seu pet, o indicado é consultar um especialista. Segundo a Dra. Livia Romeiro, do Vet Quality Centro Veterinário 24h, pode ser que haja alguma alteração endócrina. “O mais importante é o acompanhamento veterinário para avaliar as causas e direcionar o melhor tratamento”, diz.

Ela ainda lembra que alterações fisiológicas, como o período de amamentação, podem ser as responsável e isso não significa que há algo necessariamente de errado.

Como evitar a queda de pelos?

De acordo com a veterinária, como a queda pode estar associada à falta de nutrientes, é importante garantir que o seu animal de estimação esteja se alimentando corretamente. Consulte o seu veterinário para saber o que comprar e se suplementos alimentares serão necessários.

Outra coisa que você pode fazer é manter a escovação de seu bichinho em dia. A veterinária recomendada a prática que, além de remover os pelos mortos, ativa a circulação da epiderme, distribui a oleosidade por todo o fio e evita a formação de nós. Se possível, faça isso todos os dias!

Preste atenção nos banhos. Se tomados em excesso, eles podem aumentar a queda de pelos. Outros problemas são o ressecamento excessivo da pele, devido aos secadores, e a possibilidade de causarem dermatites úmidas. Normalmente, os banhos quinzenais são os mais indicados, mas é melhor que você converse com o veterinário para saber qual é a necessidade do seu pet. (mdemulher)

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13