Rádios On-line
8992

Sertanejo Tinoco rifa o carro, para tratamento de saúde da mulher

O cantor precisou colocar o carro de seu filho à venda, para ajudar a pagar os custos do tratamento de câncer de sua mulher

5 FEV 2009 - 16h:42Por Redação

Tinoco é um dos maiores artistas da cultura popular brasileira e, aos 88 anos, sente-se esquecido. Com saúde de sobra, o cantor, que formou por anos a dupla sertaneja Tonico e Tinoco, tem uma agenda com poucos registros de shows e participações em programas de tevê.

O problema é que, quando Tonico, seu companheiro de palco, morreu, em 1994, as pessoas se esqueceram que um dos integrantes da dupla continuou vivo – e precisando de trabalho na carreira solo.

Conforme antecipou a coluna Canal 1, do Jornal Tribuna da Imprensa, o cantor ficou em uma situação tão difícil que, recentemente, precisou colocar o carro de seu filho à venda, para ajudar a pagar os custos do tratamento de câncer de sua mulher Nadir, 71 anos.

Segundo José Carlos Perez, filho único de Nadir com Tinoco, seu pai, apesar das dificuldades, tem uma vida financeira estável e goza de excelente saúde.

"Ele não está na miséria, quero deixar isso claro. Mas, a situação da família ficou dramática por causa dos constantes gastos com o tratamento de câncer de minha mãe. Apesar de Tonico ter morrido em 1994, as pessoas ainda lembram de meu pai somente na dupla Tonico e Tinoco. Sem contar que, depois de uma certa idade, diminuem os convites para shows, porque as pessoas preferem contratar artistas bem mais jovens. O cachê dele diminuiu em 70%. Dez espetáculos que ele faz hoje equivalem ao valor de um único show, antes de 1994", contou o filho de Tinoco.

 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13