Rádios On-line
7914
Prefeitura Folclore 14 a 180819
BELEZA

Vitamina C: contamos como e por que o nutriente pode salvar a sua pele

C de cuidado, cicatrização, clareamento das manchas... e mais!

16 MAI 2018 - 08h:14Por Redação

Você pode não saber muito bem o motivo, mas com certeza já ouviu, em dado momento da vida, alguém falar sobre a importância da vitamina C (ou ácido ascórbico) para o organismo. Ponto para a sabedoria popular que, nesse caso, costuma acertar na mosca: o nutriente tem, sim, papel fundamental na saúde e imunidade já que, quando consumido, passa a participar de uma série de processos  bioquímicos e biológicos do corpo.

Kaliandra Vanni Cainelli, dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), aponta algumas dessas reações: a vitamina C auxilia na síntese de colágeno e na transformação do colesterol em ácidos biliares – que ajudam o corpo a absorver gorduras e ferro – , além de possuir ação anti-inflamatória e antioxidante, protegendo o organismo dos radicais livres – desencadeados por fatores como estresse, exposição ao sol e tabagismo, por exemplo. Aumenta, também, a síntese de glóbulos brancos, nossas células de defesa, além da quantidade de anticorpos no organismo, deixando o corpo menos sujeito a doenças. Quer mais?

É para já! A dermatologista e também membro da SDB Gabriella Albuquerque destaca a imunoestimulação, ou seja, a capacidade que a vitamina tem em melhorar as defesas do sistema imunológico, como grande poder do nutriente, que também age minimizando os riscos de doenças cardiovasculares.

Se usada de maneira tópica, em forma de cremes, séruns e variações, a vitamina se torna, ainda, uma grande aliada para a pele. Kaliandra, Gabriella, e Samantha Talarico, dermatologista membro titular da SBD, mostram agora todos os seus benefícios em matéria de skincare.

Vitamina C na pele – afinal, para que serve?

Para ter efeito na pele, a vitamina precisa, necessariamente, ser aplicada de maneira externa – hoje em dia não faltam opções de cremes, óleos, séruns, géis e etc com o ativo em sua fórmula. A partir daí, se usada regularmente, os benefícios são inúmeros: ela passa a auxiliar na cicatrização dos tecidos, tem ação clareadora e mantém os níveis de colágeno e elastina tinindo – o que, na prática, significa mais firmeza para os tecidos.

Com propriedades fotoprotetoras contra os raios ultravioleta, pode ser usada, ainda, em conjunto com o filtro solar para um efeito power de proteção, além daquele brilho saudável.

Vitamina C: contamos como e por que o nutriente pode salvar a sua pele

Mas a sua principal vantagem para a tez está no fato de agir como um potente antioxidante, auxiliando no tratamento e prevenção do envelhecimento precoce:

“A exposição aos raios ultravioleta gera radicais livres, que iniciam uma série de reações, levando a alterações na estrutura e no DNA celular, inclusive com destruição de colágeno e elastina. A vitamina C é capaz de neutralizar esses radicais, melhorando o aspecto da pele e reduzindo o dano da exposição solar”, ensina Samantha.

Atente-se aos sinais

Primeiro, e antes de recorrer aos cremes milagrosos, o melhor a fazer é se consultar com um profissional especializado. De qualquer forma, você pode analisar alguns dos sinais que a sua própria pele dá antes de marcar horário na dermato: uma pele sem elasticidade e firmeza, com uma quantidade de rugas, vasinhos e linhas de expressão além do normal, escurecimento de algumas regiões e aparição de manchas são alguns sintomas a se considerar.

“A pele com deficiência de vitamina C se apresenta mais fina, com acentuação de rugas e vasos. Além disso, a recuperação de feridas se torna mais lenta e apresentamos muita fragilidade capilar, observando pequenas manchas vermelhas em áreas mais suscetíveis a traumas, como superfície dos braços e pernas”, acrescenta Gabriella.

Para quem a vitamina C é indicada?

Pessoas de todos os tipos e tons de pele, incluindo mulheres jovens que querem prevenir danos futuros, podem lançar mão de produtos com vitamina C, mas a fórmula deve ser escolhida de acordo com as necessidades de cada um.

Por exemplo, quem tem pele seca ou mais madura deve priorizar os cremes, enquanto que, para donas de peles oleosas, o ideal é aplicar séruns, mais aquosos, e géis.

Vitamina C: contamos como e por que o nutriente pode salvar a sua pele

Apesar da vitamina não possuir contra-indicações, podendo ser usada inclusive por grávidas e lactantes, pacientes que possuem condições como rosácea ativa podem sentir mais sensibilidade ao usá-la. O cuidado é redobrado caso a vitamina não seja aplicada de forma isolada, mas combinada a outros componentes: aí, o alerta também vale para as gestantes, que devem prestar atenção aos ingredientes contra-indicados presentes na mistura.

Como usar?

A partir dos primeiros sinais de envelhecimento da pele, e sempre com recomendação de um dermatologista, o melhor jeito de usar fórmulas com vitamina C na cútis é de maneira prolongada, já que seus efeitos demoram a aparecer, e só serão notados em médio ou longo prazo.

Vitamina C: contamos como e por que o nutriente pode salvar a sua pele

Tudo depende dos objetivos que você deseja alcançar mas, de maneira geral, os produtos com vitamina C podem ter tanto uso diário – de preferência pela manhã, antes da aplicação do protetor solar, por conta da ação fotoprotetora – quanto alternado com outras substâncias. Vitamina E, ácido ferúlico e retinaldeídos são bons complementos que potencializam seu efeito clareador e regenerativo.

De dentro para fora

Claro que, além do uso externo, é importante manter uma dieta rica em alimentos que contenham vitamina C da maneira mais natural possível. Como já dissemos, seu consumo não atua apenas em benefício da pele, mas na saúde do organismo como um todo. Entenda: O que comer para aumentar a chance de engravidar 

Vitamina C: contamos como e por que o nutriente pode salvar a sua pele

Para investir nesse tipo de suplementação, inclua na listinha do mercado frutas cítricas “básicas”, como laranja (que não poderia faltar) e limão, vegetais de folhas escuras, como brócolis, couve e couve de Bruxelas, além de pimentão. Outras frutas, como tomate, morango, acerola, goiaba, manga, caju, tangerina, camu-camu e kiwi também entram no carrinho de compras.

“Por terem concentração altíssima de vitamina C, a acerola e a tangerina desempenham alta capacidade antioxidante, protegendo a pele dos radicais livres e determinando benefício imediato, assim como as frutas vermelhas (morango, framboesa, amora), que também são ricas em cianidina, além de vitamina, combatendo o envelhecimento precoce da pele”, diz Kaliandra.

(mdemulher)

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
BAND
7300