Rádios On-line
7927
BATIDA FATAL

Identificado motorista que não prestou socorro em acidente que matou marceneiro

Polícia conseguiu localizar o carro que bateu na moto de João Gabriel, na volta do trabalho

8 AGO 2018 - 05h:07Por Valdecir Cremon

Um  motorista de 63 anos foi o causador do acidente em que morreu o marceneiro João Gabriel de Assis Pereira, de 28, em uma rua do bairro Jardim Alvorada, zona Leste de Três Lagoas, na sexta-feira, dia 3. Ele foi identificado depois que policiais civis localizaram o carro que ele dirigia no dia do acidente. 

Alaor Gonçalves negou que estivesse bêbado na hora da batida, mas revelou que não tem carteira de motorista. Gabriel voltava do trabalho para casa.

Em depoimento na segunda-feira, dia 6, já fora do período de flagrante, ele disse que não socorreu João Gabriel, que pilotava uma moto, porque teve medo de ser agredido por pessoas que se aproximaram do local da batida. O acidente foi registrado como homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

Contou que o choque ocorreu no momento em que dobrava a esquina das ruas Antônio Marques Leal com Manoel Rodrigues Artez, no início da noite.

João Gabriel - 12ª vítima de acidentes de trânsito em Três Lagoas neste ano - foi enterrado no sábado à tarde.

Gonçalves responderá a inquérito em liberdade e pode ser condenado a até quatro anos de prisão. A pena pode ser aumentada em até 50% por não ter CNH e não ter prestado socorro à vítima.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
7300