Rádios On-line
8351
Prefeitura Semana do Trânsito
SÉRIE ESPECIAL

Mapa revela que Clodoaldo Garcia e 10 bairros são alvos preferidos dos ladrões

Série especial 'Desafios em Três Lagoas' mostra os horários e os dias escolhidos pelos bandidos

5 JUL 2017 - 07h:20Por Kelly Martins

Ser vítima de roubo ou furto é um risco incorporado no dia a dia dos moradores de Três Lagoas, com o aumento das ocorrências neste ano. Dez bairros do município concentram o maior índice desses crimes, pela série que se repete com frequência. Inclusive, a avenida Clodoaldo Garcia também entrou na lista como a mais “perigosa” atualmente. Isso diante da análise feita pelo Setor de Inteligência da Polícia Militar, que há um mês iniciou o monitoramento dos locais após estatísticas alarmantes.

O JPNEWS preparou uma série especial sobre segurança pública, com o tema “Desafios em Três Lagoas”. Reportagens publicadas desde segunda-feira (3) revelam dados da criminalidade e mapeamento com os pontos mais críticos.  A série segue até sexta-feira (7).

Veja outras reportagens:
Roubos e furtos aumentam 75% e assustam população de Três Lagoas
2017 é o mais violento dos últimos 5 anos em Três Lagoas

Os bairros Santa Terezinha, Nossa Senhora Aparecida, Santos Dumont, Jardim das Oliveiras, Vila Nova, São Jorge, Jardim Alvorada, Santa Luzia, Parque São Carlos e Centro, incluindo a região da Lagoa, se tornaram alvos dos bandidos. Segundo a PM, são locais em que há mais chance de uma pessoa se tornar vítima e que representam 80% dos registros. Somente entre janeiro e junho deste ano 290 ocorrências de roubos e furtos foram registradas por policiais militares e nas delegacias. O número já é 75% maior se comparado a 2016, quando foram 165 casos.

O JPNEWS apresenta o mapa da criminalidade em Três Lagoas, com registros por bairros, elaborado pela Inteligência da PM. Os dados são dos primeiros seis meses do ano e também estão destacadas ocorrências de homicídios por regiões da cidade. Em 2017, 21 pessoas foram assassinadas. Conhecer índices de violência por bairro e detalhes de como atuam os criminosos é uma ferramenta que pode servir para o cidadão se precaver.

Arma de fogo vermelha e verde - Roubos e furtos de objetos
Arma de fogo preta - Roubos e furtos de celulares
Caveira - Homicídio

Dias e horários

Moradores de Três Lagoas, atenção. Os ladrões já definiram os horários dos ataques. Conforme o mapeamento de “calor”, como denomina a Polícia Militar, os bandidos atuam preferencialmente nas quartas, sextas-feiras e aos domingos. Os horários escolhidos por eles são pela manhã, entre às 6h e 7h, e no período noturno, a partir das 18h até a meia noite.  

Os ladrões também optaram em praticar os crimes em dias específicos do mês. Os índices de roubos e furtos aumentam, por exemplo, entre os dias 10 e 19 de cada mês, de acordo com o mapeamento da polícia. As autoridades em segurança avaliam que o período está relacionado ao mesmo do pagamento de salários aos trabalhadores.

Abaixo estão os números de roubos e furtos por mês, em Três Lagoas:

Anderson Olmos/Arte JPNEWS

Reforço na segurança

O delegado regional, Rogério Makert de Faria, avalia que a avenida Clodoaldo Garcia entrou na estatística pela extensão, já que a via está ligada à BR-262, na saída de Três Lagoas. Também pelo número de comerciantes na região. Ele detalha ainda que os bairros citados possuem características semelhantes, como a concentração elevada de pessoas, comércios e residências.

“O fluxo nessa região é intenso, com escolas, creches e muitos estabelecimentos comerciais, o que acaba atraindo grupos que praticam esses delitos. Eles cometem o crime e sempre têm a intenção de subtrair mais alguma coisa, aí ficam concentrados nessas áreas”, observou o delegado.

Para inibir as ações criminosas, o subcomandante do 2º Batalhão da PM de Três Lagoas, major Ênio de Souza, garante que o policiamento tem sido reforçado em todos os bairros. “O levantamento foi feito, conforme os boletins de ocorrências. Verificamos as regiões, bairros e, agora, estamos concentrando as viaturas, de uma forma preventiva, nessas áreas. Também desenvolvendo operações, abordagens, em locais onde há reincidências”, contou o subcomandante.

Ele destaca a diminuição dos roubos e furtos no mês de junho se comparados com abril e maio. Segundo o subcomandante, é o reflexo das operações ostensivas feitas nos pontos em questão. 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
Dá Negócio
6651