Rádios On-line
BR-262

Temporal que derrubou torres teve rajadas de vento de até 65 km/h

Torres caíram em trecho da BR-262, entre Três Lagoas e Água Clara, e interditaram parcialmente o tráfego de veículos na região

18 MAI 2017 - 08h:56Por Kelly Martins

O temporal que atingiu o município de Água Clara, na noite de quarta-feira (17), provocando a queda de torres de energia de transmissão na BR-262, teve rajadas de vento que chegaram a 65 km/h. A forte chuva foi registrada durante a noite e parou na madrugada desta quinta-feira (18). Segundo o meteorologista Natálio Abrahão, da Estação meteorológica Uniderp/Anhanguera, ligada ao Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), os sensores registraram a presença de uma nuvem sobre o local, com trovoadas e raios.

Ele explica que no trecho específico da ocorrência, entre Três Lagoas e Água Clara, nos quilômetros 68 e 71 da rodovia, não há equipamentos de sensor de velocidade do vento. “Porém, identificamos o tipo da nuvem formada no local que indica valores entre 60kmh e 65kmh”, pontuou. 

O meteorologista ressalta que este tipo de vendaval ocorre em curto período, levando de 1 a 3 minutos, o suficiente para provocar estragos. No entanto, ainda segundo o meteorologista, é atípico no outono. Nesta quinta-feira, há previsão de chuva em Água Clara. Já em Três Lagoas e nos municípios Brasilândia, Ivinhema, Naviraí e Novo Horizonte pode estar acompanhada por vento forte e raio.

Trânsito

O fluxo de veículos é intenso na manhã desta quinta-feira (18), no trecho da BR-262. A pista está parcialmente interditada e apenas veículos pequenos são liberados para trafegar, segundo informou a Polícia Rodoviária Federal (PRF). O trânsito está lento, com diversas carretas e caminhões aguardando a liberação. De acordo com informações de motoristas, o congestionamento de veículos já chega a 1 km. A previsão de liberação total da pista está prevista para as 10h da manhã.

A PRF orienta aos condutores optar pelas rodovias BR-267 e BR-158. Aqueles que necessitam deslocar pela região podem usar a rota alternativa abaixo: em Água Clara/MS, na BR-262, seguir sentido município de Inocência pela rodovia MS-377 e, após, pela MS-440 ou MS-320, até a BR-262 em Três Lagoas. A mesma rota serve em Três Lagoas.

Queda

O fato ocorreu na noite de quarta-feira, por volta das 20h30. O ponto crítico é na região de um posto desativado, conhecido como Posto Garcia, que também teve a estrutura destruída. A PRF informou ainda que um morador estava no posto, na ocasião, e se feriu quando uma das torres atingiu o barracão. Uma telha teria caído no braço da vítima provocando um corte.

O homem foi encaminhado para um hospital de Água Clara e passa bem. Dois caminhões também foram atingidos pelas torres, mas ninguém se feriu. Neste momento equipes de engenheiros da Eletrosul, responsáveis pela manutenção da linha elétrica, estão no local para avaliar a situação. Equipes das concessionárias Energisa, de Água Clara, e da Elektro, de Três Lagoas, também estão na pista com equipamentos e guindastes para a retirada das torres.

Deixe seu Comentário